De onde vem isso de 'botar as barbas de molho'?

Seria um prato realmente estranho?

Daniel Cardoso

Um pesadelo na origem da expressão? | <i>Crédito: Shutterstock
Um pesadelo na origem da expressão? | Crédito: Shutterstock

DITO E FEITO


Usamos essa expressão quando precisamos tomar alguma cautela, ficar atentos ou prevenidos. O termo provavelmente deriva de um provérbio espanhol que diz: "Quando você vir as barbas do seu vizinho pegarem fogo, coloque as suas de molho". Em linhas gerais, a ideia sugere que, ao vermos algo de ruim acontecer com pessoas próximas, devemos nos proteger para que o problema não nos atinja. Ao colocar as barbas na água, estaremos a salvo do incêndio. A barba, durante a Antiguidade e a Idade Média, costumava ser sinônimo de honra e poder. Tê-la cortada ou raspada pelos inimigos significava, portanto, uma grande humilhação. É por isso que, desde sempre, a precaução tem sido uma boa pedida.


VEJA MAIS:

Conecte-se

Revista Aventuras na História