A mãe e a madre

Lady Di perguntou a Madre Teresa se não podia entrar em sua ordem

AH

Diana e a Madre Teresa: Lições de humildade | <i>Crédito: Reuters / Corbis
Diana e a Madre Teresa: Lições de humildade | Crédito: Reuters / Corbis

Lady Diana, a ex-futura rainha da Inglaterra, estava numa cruzada para levantar dinheiro para as vítimas das minas terrestres, uma campanha que havia abraçado em 1997. Depois de uma reunião com a ex-primeira-dama norte-americana Hilary Cliton, em Washigton, voou para Nova York apenas para ver Madre Teresa de Calcutá, vencedora do Prêmio Nobel da Paz de 1979 e símbolo universal de caridade.

Clique para ampliar

As duas deveriam se encontrar na semana seguinte, mas a princesa estava tão preocupada com o estado de saúde da religiosa que antecipou a visita e foi vê-la no Bronx. A conversa durou 40 minutos. O momento da foto é o da despedida, quando Lady Diana ganha bênção. 

A princesa era fã ardorosa de Madre Teresa. As duas se conheceram em 1992, em Roma, ano da separação de Diana e do Príncipe Charles. Na época, deprimida e com distúrbios alimentares, a princesa perguntou se poderia entrar para a ordem religiosa. Madre Teresa teria respondido que ela era muito rica e famosa para isso, mas que poderia usar todo amor que tinha no coração para fazer caridade e ajudar as crianças. Lady Di, como era chamada, seguiu o conselho da religiosa e passou a trabalhar em campanhas para ajudar meninas e meninos vítimas da aids. 


VEJA MAIS:

Conecte-se

Revista Aventuras na História