Arma de Roma antiga era tão letal quanto uma Magnum 44

A humilde funda não apenas causava destruição em massa, como terror

Fábio Marton

Uma funda egípcia (não muito diferente da romana) no Museu de Manchester: O poder estava com os antigos | <i>Crédito: Manchester Museum, reprodução
Uma funda egípcia (não muito diferente da romana) no Museu de Manchester: O poder estava com os antigos | Crédito: Manchester Museum, reprodução

A funda já era uma invenção de mais de 10 mil anos quando os romanos decidiram a empregá-las contra os pictos, celtas da Escócia. 

É uma arma humilde: trata-se de uma mera alça de couro ou corda, com uma parte mais larga no meio para colocar um projétil - de uma mera pedra a uma bala feita especialmente para ela. A alça é então girada com força e solta, sua carga disparada pelo momento angular. A criação data do Paleolítico e romanos eram apenas seus usuários mais recentes. A arma aparece no relato bíblico, com David usando-a para matar Golias.


Funda sendo usada por atirador baleárico na Antiguidade / Reprodução

Cinco anos atrás, os arqueólogos escoceses John Reid e Andrew Nicholson começaram a estudar um antigo campo de batalha há quase 1900 anos em Burnswark, ao sul de Edimburgo. Nele, no ano 140 pelas datações, romanos atacaram celtas num forte no topo de uma colina. Com detectores de metais, cavaram 400 de balas de de cerâmica ou chumbo. Reid agora divulgou o resultado de seus estudos na National Geographic. Está impressionado com a devastação que a arma devia causar: "temos certeza que os nativos no topo da colina não tiveram chance de sobreviver". Segundo ele, o campo "parece o Afeganistão de Roma".


As balas encontradas pelos arqueólogos / John Reid

Algumas das balas encontradas pela equipe tinham buracos no meio. A equipe criou réplicas e as disparou para testar. Segundo Reid, o resultado foi apavorante: "um som esquisito, como o de uma banshee" (lenda celta, mulheres espectrais que choravam anunciando a morte). Ele se imaginou nas botas dos pictos: "você fica ouvindo esses sons sobrenaturais, meio que do além, que nunca ouviu antes - e as pessoas estão caindo à esquerda e direita de você". 

Por fim, estudos práticos demonstraram que o impacto de uma bala de chumbo de funda era quase igual ao de um revólver Magnum .44 - tornado famoso em Dirty Harry, é tão potente que a polícia não o usa na vida real, por conta do recuo. Outra coisa descoberta é que essas balas podiam ser disparadas por até 120 metros - o que é exatamente a distância entre as posições romanas e celtas na batalha. 

Mesmo possivelmente tendo vencido a batalha com sua artilharia retrô, mas potente, os romanos decidiram recuar. Para o Sul da Muralha de Adriano, construída justamente para manter os pictos fora do Império. 


VEJA MAIS:

Conecte-se

Revista Aventuras na História