Encontrado o local de nascimento dos apóstolos

Arqueólogos acreditam ter achado a cidade de Pedro, Filipe e André

Thiago Lincolins

Jesus e os seus 12 apóstolos durante 'A Última Ceia' | <i>Crédito: Shutterstock
Jesus e os seus 12 apóstolos durante 'A Última Ceia' | Crédito: Shutterstock

A citada aparece Novo Testamento como Betsaida. A pequena aldeia de pescadores, após os tempos de Jesus, tornou-se a cidade romana de Julias. Agora o arqueólogo Dr. Mordechai Aviam, da Kinneret College em Israel acredita finalmente ter encontrado a cidade perdida, no Vale do Jordão, região próxima ao delta do Mar da Galileia.

Os arqueólogos em ação / Foto: Zachary Wong

Dentre as ruínas, os arqueólogos se depararam com uma antiga casa de banho de entre os séculos I a.C e III a.C. E isso indica que era mesmo o local que procuravam. A única referência extra-bíblica à cidade de Julias é o historiador Flávio Josefo. "Ele relatou que o rei transformou Betsaida de uma vila em uma polis, uma cidade propriamente dita", afirma o arqueólogo Mordechai Avian, do Kinneret College (Israel), ao Haaretz. "Ele não falou que foi construída ao lado ou sobre ela. E, de fato, por todo esse tempo, não sabíamos onde ela estava. Mas o banho atesta a existência de uma cultura urbana."

Também foram encontradas duas moedas. Uma de bronze que remota ao fim do século II a.C e outra de prata com o rosto do imperador romano Nero, cunhada enter os anos 65 e 66.

Moeda em prata com o rosto do imperador Nero / Foto: Jousua Drey

Em escavações anteriores, os arqueólogos já haviam encontrado um complexo de prédios referente ao período bizantino. Mas agora, as pesquisas vão continuar até que o local definitivamente possa ser identificado como o local de nascimento dos três apóstolos. 


VEJA MAIS:

Conecte-se

Revista Aventuras na História