Historiador acredita ter desvendado o mistério da mãe de Leonardo da Vinci

Já foi dito que Caterina era até mesmo uma escrava africana; documentos revelam uma história triste, mas corriqueira

Thiago Lincolins

Da Vinci | <i>Crédito: Shutterstock Images
Da Vinci | Crédito: Shutterstock Images

Após analisar registros contábeis inéditos, Martin Kemp, professor de historia da arte na Universidade de Oxford, afirma ter finalmente revelado a identidade da mãe de Leonardo da Vinci, conhecida antes apenas como "Catarina". Era Caterina di Meo Lippi, agricultura e órfã de 15 anos, que foi seduzida pelo advogado Ser Piero da Vinci, de 25. A camponesa vivia com a avó numa casa de fazenda a 1,6 km da cidade de Vinci.

Muito foi especulado sobre a até agora misteriosa mãe de Da Vinci. Que era uma escrava vinda do norte da África ou Turquia, já que "Caterina" era um nome comum para escravas. Uma análise mostra que a impressão digital do pintor tinha características de pessoas que nasceram no Oriente Médio.

No entanto, Kemp descobriu que Caterina teve uma trajetória bem mais modesta."Ela era uma garota local com uma história triste.'', disse o especialista ao The Guardian. Suas pesquisas revelam que Caterina e seu irmão Papo eram dois órfãos que foram morar com sua avó em uma fazenda distante de Vinci após a jovem engravidar. A criança foi adotada pela família, mas não a mãe. Kemp explica que a família do advogado provavelmente deu um dote para poder se livrar da camponeesa. 

Caterina acabou se casando com o fazendeiro Antoniodi Piero Buti e teve 5 filhos enquanto Ser Piero já havia se casado novamente. Após 40 anos, a mãe do pintor foi até Milão para encontrá-lo e acabou morrendo um ano depois.  

Kemp também acredita que a Casa Natale in Anchiano, seu suposto local de nascença que é hoje um local de peregrinação para fãs da arte, não foi realmente onde nasceu. O historiador acredita que é mais provável que o pintor tenha nascido na casa do avô paterno, em Vinci, onde cresceu. Os documentos de imposto de renda do avó de de Da Vinci dão a entender que o local de nascimento foi a própria casa do avó. O ponto turístico pode acabar arruinado. "Leonardo é um assunto de interesse público absolutamente extraordinário. Descobrir a realidade de sua vida é uma grande questão de consequência", afirma.


VEJA MAIS:

Conecte-se

Revista Aventuras na História