Gay, antinazista e talvez judeu, arqueólogo juntou-se à SS para procurar o Santo Graal

Conheça Otto Rahn, o Indiana Jones da vida real que pagaria com a vida por sua obsessão

Paula Lepinski

Otto, sua obsessão e o que estava no caminho | <i>Crédito: Fábio Marton
Otto, sua obsessão e o que estava no caminho | Crédito: Fábio Marton

VEJA MAIS:

Conecte-se

Revista Aventuras na História