Brasileiro que conheceu Michael Jackson relembra detalhes do episódio: 'Ensaiou um moonwalk'

Márcio de Paula foi atropelado pela comitiva do Rei do Pop e, dias depois, recebeu a visita do astro em um hospital paulista

Redação Publicado em 28/03/2021, às 09h00

Michael com Márcio na ocasião (esq.) e foto atual de Márcio (dir.) - Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

Em 14 de outubro de 1993, o jovem Márcio de Paula, com 15 anos na época, queria entender porque sua rua estava lotada; moradores dos prédios na região especulavam tratar-se de Michael Jackson, que estava em São Paulo para realizar dois shows no Estádio Cícero Pompeu de Toledo.

No entanto, em datas livres, o astro aproveitou para conhecer um parque de diversões na capital paulista e, posteriormente, se interessou em visitar a fábrica de brinquedos Estrela, que ficava no Parque Novo Mundo — bairro de divisa entre Guarulhos e São Paulo.

Márcio não sabia, mas morava a poucos quarteirões da unidade, descendo para entender o movimento. Em meio a uma intensa aglomeração, se apoiou tranquilamente em uma viatura policial e, instantes depois, foi prensado por uma van contra o veículo, tendo uma fratura exposta do fêmur, além de queimaduras decorrentes do choque.

O que o garoto também não esperava é que o tal veículo que saiu sem prestar socorro fazia parte da comitiva que levaria Michael Jackson para conhecer a fábrica.

Dias depois, o Rei do Pop decidiu verificar pessoalmente o estado de saúde do garoto, rendendo um dos episódios mais quiméricos da história do entretenimento brasileiro, como Márcio relatou com exclusividade em entrevista no Instagram do Aventuras na História.

Michael Jackson interage com Márcio e sua irmã no Hospital Anchieta / Crédito: Divulgação/YouTube/TV Globo

 

Operação de chegada

Nos dias seguintes ao acidente, diversos veículos de imprensa montaram uma campana em frente ao hospital onde ele ficou internado, chegando a pedir para que familiares registrassem fotos do garoto no leito hospitalar.

Contudo, no dia seguinte da cirurgia, uma surpresa; de pouco a pouco, uma ‘força-tarefa’ foi instaurada, com seguranças nas portas de cada quarto na ala ortopédica, além de constante movimentação de móveis:

“Eu não sabia que ele ia me visitar. [...] Logo pela manhã, a equipe dele foi lá, junto com a equipe médica que tinha feito a cirurgia, e pediram meus pais fora do quarto. Eu pensei que era sobre saúde ou algo a meu respeito, mas quando voltaram, estavam pálidos”, explicou Márcio, pouco antes de começar a movimentação.

A surpresa se revelou pouco depois; Michael Jackson apareceu no quarto do garoto e se dispôs ao lado da cama: “É uma cena que eu não vou esquecer jamais. Foi assim... fantástica. Me lembro dele entrando, era a materialização de tudo aquilo que a gente vê, na revista, no vídeo, diante de mim. Eu falava para mim: 'Não é possível que está acontecendo'".

Fotografias tiradas pela equipe do cantor na passagem do hospital / Crédito: Márcio de Paula / Arquivo Pessoal

 

Momentos com o Rei

Márcio explicou que, primeiramente, o cantor se apresentou com simpatia, tirou fotos e em seguida, pediu para que membros da imprensa e equipe saíssem do quarto: “Ficou ele, um tradutor e três crianças que o acompanhavam”.

Ele explicou a reação das crianças ao vê-lo debilitado pelo acidente: “Ele me apresentou eles pelo nome, brincou, e os meninos estavam assustados com aquele ambiente de hospital. [...] Os garotos estavam vestidos como ele; com luva, chapéu, roupas” — na época, a reportagem da TV Globo afirmou que os garotos eram filhos de amigos estadunidense de Jackson.

“Ele [Michael] tirou os óculos, ficou muito à vontade. Perguntou se eu ainda estava sentindo dor, perguntou como foi o acidente e dizia que sentia muito por aquilo. Ele se desculpava e dizia que estaria orando por mim. [...] Ele ensaiou um moonwalk, enfim, foi muito simpático. Brincou, foi acolhedor, foi maravilhoso”, concluiu.


+Confira a entrevista completa de Márcio sobre a passagem abaixo:


 

+Saiba mais sobre Michael Jackson em grandes obras disponíveis na Amazon:

Intocável: A estranha vida e a trágica morte de Michael Jackson, por Randall Sullivan (2013) - https://amzn.to/2SaoTKz

Michael Jackson, por J. Randy Tamborelli (2012) - https://amzn.to/3aZRZom

Michael Jackson, o rei do pop, por Chris Roberts (2010) - https://amzn.to/2vxg9G

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W

pop curiosidades Brasil Comportamento Imprensa assédio Exclusiva Amazon Michael Jackson Música

Leia também

Durante programa, Luiz Bacci defende que Michael Jackson não morreu
Dor permanente: Os 37 anos do trágico comercial que mudou a vida de Michael Jackson
Diana realmente inspirou uma música de Michael Jackson?
27 anos depois: Márcio de Paula, o brasileiro atropelado pela van de Michael Jackson
Dona Remy: A curiosa história da cozinheira brasileira de Michael Jackson