62. Dr. Fantástico

O fim apoteótico da raça humana

Douglas Portari Publicado em 01/07/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Kubrick desnuda o ridículo dos senhores da guerra nesta comédia de humor negro feita pouco após a quase cataclísmica Crise dos Mísseis, entre Estados Unidos e União Soviética. O conflito é a Guerra Fria, que logo se transforma no Apocalipse, graças à loucura de um oficial responsável por bombardeiros atômicos e à incompetência dos políticos. Sellers faz vários papéis e, como presidente americano, diz a patética frase: “Não briguem na Sala de Guerra!”. Diz a lenda que Ronald Reagan, ao chegar ao poder nos anos 80, perguntou a seu staff militar onde ficava a tal sala. Filme que merece o clichê do “final apoteótico”.

[Título original] Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb

[País] Inglaterra

[Ano] 1964

[Direção] Stanley Kubrick

[Elenco] Peter Sellers, George C. Scott, Sterling Hayden, Keenan Wynn, James Earl Jones

[Preço do DVD] R$ 20

Difícil de encontrar

Fique de olho

A reprodução do B-52 que carrega as bombas nucleares foi tão perfeita que os designers do diretor foram investigados pelo FBI. Preste atenção também para a cena, parodiada até pelos Simpsons, do ator Slim Pickens cavalgando a bomba.