Agosto na história

Agosto na história

Maria Carolina Cristianini Publicado em 01/08/2007, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

DIA 3

Forças luso-brasileiras comandadas pelo sargento Antônio Dias Cardoso derrotam os holandeses na Batalha do Monte das Tabocas. O embate deu início à guerra para expulsão dos invasores da região, o que só ocorreria nove anos depois.

Em 1645, no monte das Tabocas, em Pernambuco

Eu me lembro

"Graças ao sargento-mor Antônio Dias Cardoso e mediante favor divino alcançou-se a vitória. Tudo alcançado após Deus, pela boa ordem com que Dias Cardoso dispôs a batalha, dando (...) muito exemplo (...) que em quatro horas de batalha mostrou sem descansar, acudindo a todas as partes com bravo ânimo."

Trecho escrito por João Fernandes Vieira, um dos líderes da guerra

DIA 4

A escritora Rachel de Queiroz se torna a primeira mulher eleita para a Academia Brasileira de Letras. Ela venceu por 23 votos a 15 o jurista Francisco Cavalcanti Pontes de Miranda e ganhou a cadeira n° 5, fundada pelo poeta Raimundo Correia.

Em 1977, no Rio de Janeiro

DIA 6

Vindo de Nova Granada, atual Colômbia, e após vencer seis batalhas contra os espanhóis, Simón Bolívar entra em Caracas e é aclamado como “o libertador”. A luta de Bolívar pela independência iria até 1824 em outros três países além da Venezuela: Colômbia, Equador e Peru.

Em 1813, na Venezuela

Eu me lembro

"Eu estava prestes a completar 16 anos e, já dedicado à literatura, nada de relevante ligado às letras me escapava. Torci muito para que Rachel de Queiroz entrasse na Academia. Fiquei sabendo do fato pelo jornal do dia seguinte e vibrei bastante. A Academia me parecia uma instituição envenenada pelo moralismo e pelas limitações da época, entregue à ditadura. A entrada de Rachel na casa dos imortais significava uma oxigenação num ambiente purista demais, formal ao extremo. Abrindo suas portas para uma mulher, enfim a Academia começava a mostrar uma face de novos tempos, apontando para a democracia que ainda demoraria um pouco a chegar."

Paulo Bentancur, escritor e crítico literário

DIA 9

Durante a guerra civil romana, com Júlio César de um lado e Pompeu de outro, acontece a decisiva Batalha de Farsália, vencida por César. O derrotado seguiu para o Egito, onde foi assassinado. E César se tornaria ditador em Roma.

Em 48 a.C., na Grécia

DIA 9

Na prova de revezamento 4 x 100, o atleta americano Jesse Owens ganha sua quarta medalha de ouro nas Olimpíadas de Berlim. Negro, ele calou por um tempo Adolf Hitler e seus ideais de superioridade da raça ariana.

Em 1936, em Berlim, na Alemanha

DIA 11

Numa manifestação contra o presidente Fernando Collor de Mello que reuniu cerca de 15 mil pessoas na avenida Paulista, estudantes pintam seus rostos com palavras de ordem. A partir daí, se tornariam conhecidos como “caras-pintadas”.

Em 1992, em São Paulo

Eu me lembro

"Tinha 17 anos e fui à manifestação por achar importante participar do movimento. No meio da passeata, resolvi pintar meu rosto com batom. Uma amiga escreveu a palavra ‘fora’ em mim e eu escrevi ‘chega’ nela. A idéia era mostrar o que nós estávamos sentindo, mas no dia seguinte minha foto saiu nos jornais e me tornei uma espécie de símbolo dos caras-pintadas. Compareci às outras passeatas, mas aquela foi muito emocionante para todos os jovens que lutaram pela saída de Collor. Estávamos engajados em algo que poderia mudar o país. Sempre acreditei que a luta dos estudantes daria certo, fiz minha parte e vou continuar fazendo."

Cecília Lotufo, administradora de empresas

DIA 15

Erguida pelo arquiteto Giovanni dei Dolci sob as ordens do papa Sisto IV, a Capela Sistina tem sua primeira missa celebrada. A construção da capela, chamada de Sistina por causa do nome do papa, havia começado oito anos antes.

Em 1483, no Vaticano

DIA 22

Representantes de 12 países assinam a Primeira Convenção de Genebra, que cria o Comitê Internacional da Cruz Vermelha. O documento falava sobre melhores condições de tratamento a feridos em guerras e estabelecia o uso do emblema da Cruz Vermelha em unidades de socorro.

Em 1864, em Genebra, na Suíça

DIA 24

Em meio à guerra entre os dois países, iniciada dois anos antes, tropas britânicas derrotam as forças americanas ao desembarcarem no território inimigo e seguem para a cidade de Washington, onde incendeiam a Casa Branca, o Capitólio e outros prédios públicos.

Em 1814, em Washington

DIA 28

Soldados do governo imperial iniciam uma violenta repressão contra a Confederação do Equador. A revolta em protesto contra a Constituição que centralizava o poder nas mãos de dom Pedro I terminaria em novembro.

Em 1824, em Pernambuco