Ana Bolena e Mary: Duelo de irmãs

Filme retrata a disputa entre Mary e Ana Bolena pelo rei inglês Henrique VIII

Tiago Cordeiro Publicado em 01/05/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Das seis esposas do rei inglês Henrique VIII (1491-1547), Ana Bolena foi a segunda. Não durou muito: após três anos de casamento, foi decapitada sob a acusação de adultério. Ainda assim, Ana entrou para a história como uma personalidade-chave de um momento crucial da história britânica. A rainha é uma figura contraditória. Ora é apontada como vítima de um rei decidido a inventar pretextos para dispensá-la por mulheres mais jovens, ora como uma manipuladora que ajudou a Inglaterra a romper com o Vaticano. A causa da acusação é que Henrique VIII fundou a Igreja Anglicana para ganhar o direito de se divorciar da primeira esposa, Catarina de Aragão, e oficializar sua relação com Ana, que parecia capaz de dar a ele um herdeiro homem.

Bem menos famosa que Ana é sua irmã mais velha, Mary. Esposa de um amigo do rei, William Carey, ela freqüentou a cama de Henrique VIII nos primeiros anos da década de 1520. Pois Ana deu um jeito de se aproximar do rei e deixar a irmã de lado, só para depois se recusar a ser amante de Henrique. A negativa deixou o monarca ainda mais disposto a tê-la. Depois de vários anos de negociações com Catarina, ele acabou rompendo com a Igreja Católica e anulando o primeiro casamento. Ana chegou ao trono em 1533 e deixou uma filha, a futura rainha Elizabeth I.

A história da luta das irmãs pelo rei está chegando aos cinemas com A Outra. O elenco tem Scarlett Johansson como Mary, Natalie Portman no papel de Ana e Eric Bana interpretando Henrique VIII. O filme é inspirado no livro A Irmã de Ana Bolena, da historiadora e escritora inglesa Philippa Gregory. O livro, de 2001, conta a história do ponto de vista de Mary. Já o filme é mais focado na disputa entre as duas. As irmãs nunca foram amigas, e circulavam em grupos diferentes. Inimigas aos 20 anos, separadas aos 30, ambas tiveram final infeliz. Antes de morrer no cadafalso, em 1536, Ana ainda viu cinco homens serem mortos na Torre de Londres, sob a acusação de serem seus amantes – entre eles estava seu irmão, George. Mary viveu isolada e morreu em 1543. Tinha pouco mais de 40 anos.

A Outra

Diretor: Justin Chadwick