Arte nazista

Como os alemães saqueavam os países que invadiam

01/11/2007 00h00 Publicado em 01/11/2007, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Adolf Hitler amava a arte. Mas tinha opiniões duras a respeito dela – achava que a única que valia a pena era a ariana. Mesmo assim, os nazistas não pouparam a arte dos países que invadiam. Centenas de milhares de pinturas e outras peças valiosas foram saqueadas e mandadas para a Alemanha. As obras de que ele não gostava – e que tratava por “arte degenerada” –, simplesmente mandava destruir. Na cruzada, monumentos foram derrubados, bibliotecas acabaram queimadas.

Essa é só uma parte da história de The Rape of Europa (“A violação da Europa”), que está dando o que falar no exterior. O filme, baseado no livro de Lynn Nicholas (no Brasil traduzido como Europa Saqueada), não tem previsão de estréia aqui.