Capacete hi-tech

Novo equipamento em teste pelos britânicos promete revolucionar o trabalho dos pilotos dos caças F-35

Guilherme Gorgulho Publicado em 01/04/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Cientistas do Ministério da Defesa britânico estão desenvolvendo um capacete que permitirá aos pilotos obterem informações sobre o vôo, a navegação e o combate diretamente em um visor acoplado ao equipamento na cabeça. O novo equipamento também possibilitará a visualização noturna externa pelo piso do cockpit por meio de uma imagem infravermelha projetada no visor.

O capacete – atualmente sendo testado em Boscombe Down, em Wiltshire (Inglaterra) – destina-se à nova geração de pilotos do caça F-35 Joint Strike Fighter (JSF), que deve substituir o Harrier. Diferentemente de outras aeronaves do gênero, o JSF não terá o tradicional visor frontal do tipo HUD (Head-Up Display), e as informações do sistema computadorizado serão exibidas diretamente no visor do próprio capacete.

“Ele vai até mesmo sobrepor as imagens infravermelhas no visor para permitir que o piloto olhe através do chão do cockpit durante a noite e veja o mundo abaixo – como algo do filme Exterminador do Futuro. Isso é com certeza a vanguarda da tecnologia. “Nenhum outro capacete será capaz de fazer isso”, garantiu o porta-voz do Ministério da Defesa do Reino Unido.