Dar uma canja

Iniciais do Clube dos Amigos do Jazz originaram o dito

Adriana Lui Publicado em 01/09/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Nos anos 60, o Clube dos Amigos do Jazz, entidade brasileira formada por fãs do gênero, era conhecido pela sigla Camja. Um dos costumes dos membros do clube era deixar seus instrumentos à disposição. Assim, os freqüentadores do local podiam se aventurar em apresentações de improviso. De “tocar no Camja” para “dar uma canja” foi um pulo – e hoje todo músico que participa, de graça, de uma apresentação não planejada está “dando uma canja”.

Corre entre músicos outra história para explicar a expressão: ela teria vindo da famosa distribuição de sopa feita aos mais pobres aqui no Brasil. Assim como o prato era distribuído gratuitamente, os artistas que não recebiam para subir ao palco estavam “dando uma canja”.