Deitar de bruços

Deitar de bruços

Bruno Vieira Feijó Publicado em 01/05/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Também usada como “pôr-se de bruços”, a expressão vem da Espanha, onde originalmente significava cair de boca ou com a cabeça no chão. Antonio Tovar (1911-1984), um dos maiores filólogos espanhóis, defende que, após os árabes invadirem a península Ibérica no século 8 d.C, ocorreram diversas trocas lingüísticas. Entre elas, uma mistura entre as palavras “buruz”, que quer dizer “de cabeça”, na antiga língua do povo basco, do norte da Espanha, e “bus” em árabe, um rito de cortesia e reverência em que a cabeça é inclinada para baixo. Em português, a expressão “de bruços”, que significa a posição de barriga para baixo, é usada desde o começo do século XIV.