Destruição: O fim dos livros

Destruição: O fim dos livros

Paulo Araújo Publicado em 01/08/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Um verdadeiro horror. É essa a sensação provocada pela leitura de História Universal da Destruição dos Livros (Ediouro), do pesquisador venezuelano Fernando Báez. Resultado de um estudo elaborado durante 12 anos, o livro conta como ao longo dos séculos o medo, o ódio, a soberba, a intolerância e a sede de poder foram combustíveis para destruir não só os livros do título, mas também todo o vínculo com a memória e o patrimônio das idéias que eles representam.