Egípcios e o pão: Padaria no deserto

Egípcios criaram o pão por acaso

01/03/2008 00h00 Publicado em 01/03/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Há 7 500 anos, o homem já comia uma espécie de pão oval e achatado, feito de cereais e água, parecido com uma panqueca. Mas foi só em 300 a.C. que os egípcios descobriram o pão que comemos hoje: um pedaço de massa, esquecido ao ar livre, fermentou e cresceu. “A alguém teria ocorrido juntar essa massa expandida a uma nova. Assim a fermentação teria sido incorporada ao repertório culinário”, explica Sandra Canella-Rawls no livro Pão – Arte e Ciência (Senac-SP). Não demorou para que eles criassem também o primeiro forno fechado. O alimento conquistou tamanha importância no Egito que boa parte dos operários que trabalharam na construção das pirâmides foi paga com pães, não com dinheiro.