Emoção, aventura e heroísmo na segunda guerra mundial

Emoção, aventura e heroísmo na segunda guerra mundial

01/07/2006 00h00 Publicado em 01/07/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Dez Dias para o Dia D - David Stafford, Objetiva, 2004

Não pense que este é apenas mais um livro sobre o Dia D. O título entrega o assunto, mas não tira a emoção da leitura, que conta as ações dos peões, bispos e reis no tabuleiro. Stafford também mostra todos os lados do enorme mosaico de acontecimentos que antecedeu aquela madrugada de 6 de junho de 1944.

Soldados Cidadãos - Stephen Ambrose, Bertrand Brasil, 2001

Ambrose narra aqui, com uma enorme riqueza de detalhes, tudo o que aconteceu desde que os primeiros soldados pisaram as areias da Normandia, na França, no Dia D, até eles molharem as botas na travessia do Reno para finalmente chegar a Berlim, na Alemanha.

A Nossa Segunda Guerra - Ricardo Bonalume Neto, Expressão e Cultura, 1995

O livro de Bonalume (que já tem duas tiragens esgotadas e agora só pode ser encontrado em sebos) consegue mostrar com modernidade e isenção os acontecimentos que levaram o Brasil a entrar na Segunda Guerra Mundial. Além disso, narra todas as passagens da FEB, a Força Expedicionária Brasileira, nesse contexto, desde sua preparação no Brasil até o último tiro na Itália.

João Barone é baterista do Paralamas do Sucesso e colunista da revista Grandes Guerras, da Editora Abril