Fatos históricos no mês de março

Fatos históricos no mês de março

Maria Carolina Cristianini Publicado em 01/03/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Dia 4

Abraham Lincoln toma posse como 16° presidente americano. Ele havia sido eleito em novembro de 1860, com 40% dos votos dos eleitores e a maioria no Colégio Eleitoral. Por não aceitar o movimento separatista dos sulistas, durante seu governo eclode a Guerra de Secessão. Lincoln seria assassinado em abril de 1865.

Em 1861, em Washington

Eu me lembro

"O poder confiado a mim será usado para defender, ocupar e dominar a propriedade e lugares pertencentes ao governo (...), além do que for necessário (...) não será usada força contra ou entre o povo em qualquer lugar."

Trecho do discurso de Abraham Lincoln ao tomar posse como presidente

Dia 4

Sebastião José de Carvalho e Melo, o marquês de Pombal, é demitido do cargo de ministro e deixa Lisboa, mudando-se para Oeiras, de onde é proibido de sair pela rainha Maria I. Com a apatia de José I, que reinou entre 1750 e 1776, na prática quem controlou o país foi Pombal.

Em 1777, em Lisboa

Dia 6

O navio Príncipe de Astúrias bate em rochas em Ilhabela e naufraga. Suspeita-se que centenas de clandestinos viajavam no barco que protagonizou o pior acidente da costa brasileira – cerca de 500 das 578 pessoas a bordo morreram.

Em 1916, em Ilhabela, São Paulo

Dia 10

O bispo do Panamá, frei Tomás de Berlanga, descobre acidentalmente as ilhas Galápagos, que se tornariam famosas por influenciar Charles Darwin durante a viagem no século 19 que originaria a obra A Origem das Espécies.

Em 1535, no oceano Pacífico

Dia 10

Cinco semanas após Adolf Hitler se tornar chanceler alemão, o primeiro campo de concentração do país, Dachau, é aberto. O local, perto de Munique, se tornaria modelo para outros campos nazistas. Na Segunda Guerra, estima-se que no mínimo 30 mil pessoas tenham morrido em Dachau.

Em 1933, na Alemanha

Dia 11

Entre 7h35 e 7h55, uma série de explosões atinge trens lotados e mata 202 pessoas na capital da Espanha. Considerado o pior atentado do país, o ato foi reivindicado pela rede terrorista Al Qaeda, de Osama bin Laden, que havia atacado, três anos antes, o World Trade Center, em Nova York.

Em 2004, em Madri

Eu me lembro

"Eu estava indo trabalhar e deparei com a estação de trens fechada. Decidi pegar um ônibus e, ao chegar ao ponto, vi que tudo estava estranho, mas ninguém dizia nada. Só me dei conta de que havia algo errado quando um fiscal pediu para ver minha mochila. Perguntei o porquê disso e ele respondeu: ‘Em que mundo você está? Houve um atentado!’. O susto foi grande quando soube que um dos trens atingidos era da linha que eu pegava. Eu poderia estar ali. Depois disso, só entrei mais duas vezes nos trens e não voltei. Sinto um vazio pelas vítimas."

Andrea de Avila Leripio, professora de Educação Física

Dia 14

Na véspera da posse, o presidente eleito Tancredo Neves é internado no Hospital de Base de Brasília para realizar uma operação abdominal. Em seu lugar, assume o cargo interinamente o vice-presidente José Sarney. Tancredo morreria pouco mais de um mês depois. Sarney se tornaria presidente da República.

Em 1985, em Brasília

Eu me lembro

"Soube da internação pelo rádio, em São Paulo, onde eu trabalhava como jornalista e dirigente do PCdoB. O país vivia um momento de esperança, todos queriam que Tancredo Neves tomasse posse para redemocratizar o Brasil. O sentimento era de que algo novo estava para acontecer e foi muito triste, após 20 anos de governos autoritários, acompanhar os momentos de incerteza. Porém, José Sarney assumiu e honrou os compromissos democráticos de Tancredo."

Aldo Rebelo, deputado federal, PCdoB (SP)

Dia 15

Primeiro rei bárbaro da Itália, Odoacro é morto por Teodorico, rei dos ostrogodos, que invadira o território em 489. Odoacro estava no poder desde 476, quando destronou Rômulo Augústulo e acabou com o Império Romano do Ocidente.

Em 493, em Ravenna

Dia 24

O alemão Robert Koch anuncia à Sociedade de Fisiologia de Berlim que havia conseguido isolar o bacilo causador da tuberculose. O feito foi possível ao cultivar a bactéria fora do corpo de animais doentes e usar corantes para identificá-la. A tuberculose foi a doença que mais matou entre os séculos 18 e 19.

Em 1882, em Berlim