O que foram as Guerras do Ópio?

O que foram as Guerras do Ópio?

Mauro Tracco Publicado em 01/09/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Foram dois conflitos entre a Grã-Bretanha e a China, que resultaram no declínio do império chinês. O primeiro aconteceu entre 1839 e 1842. O segundo, entre 1856 e 1860. Os combates começaram por causa dos esforços da China em acabar com o comércio de ópio em seu território. Comerciantes ingleses exportavam a droga para a China ilegalmente, mas, em 1839, o governo chinês destruiu todo o estoque de ópio da cidade portuária de Cantão. Assim, a Primeira Guerra do Ópio teve início e, em 1843, os chineses tiveram de engolir o tratado de Nanjing, cedendo Hong Kong à Grã-Bretanha. Mas os ingleses queriam mais. Em 1856, estourou a Segunda Guerra do Ópio depois que oficiais chineses baixaram a bandeira do Reino Unido na embarcação Arrow. Os franceses aliaram-se aos ingleses, usando como pretexto um missionário assassinado no interior da China. A guerra começou em 1857 e, no ano seguinte, a China assinou o tratado de Tientsin, que abria mais 11 portos aos ocidentais. O acordo foi ratificado em 1860 e o ópio, legalizado.