Hakoah: Volta com força

Fechado por nazistas, clube judeu reabre em Viena

Tiago Cordeiro Publicado em 01/05/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Em 1938, com a anexação da Áustria pela Alemanha, o maior clube esportivo judaico da Europa foi fechado. Seus diretores fugiram para Londres, de onde organizaram a fuga da equipe feminina de natação. Fundado em 1909, em Viena, o Hakoah (“força” em hebraico) tinha atletas de esgrima, pólo aquático e natação – alguns participaram de Olimpíadas. Depois da Segunda Guerra, o clube reabriu fora da sede original. Só em março deste ano, 70 anos após o fechamento, o Hakoah voltou ao endereço antigo, uma área de 20 mil metros quadrados perto do parque Prater.