...A Igreja Católica tivesse se manifestado contra o nazismo?

...A Igreja Católica tivesse se manifestado contra o nazismo?

Marcos Todeschini Publicado em 01/05/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Hora do almoço num dia do verão de 1942. O papa Pio XII entra cabisbaixo na cozinha do Vaticano, carregando duas folhas de papel escritas à mão. Ele caminha lentamente até o fogão de lenha e queima os papéis onde havia escrito seu manifesto contra a política nazista de Adolf Hitler. A idéia inicial era que o texto fosse publicado no jornal L’Osservatore Romano daquela tarde. “É melhor permanecer em silêncio diante do público e fazer o que for possível em particular”, disse ele à única pessoa presente naquele momento, irmã Pasqualina Lehnert – conforme a religiosa revelou em 1999.

Se em vez de serem destruídas as palavras de Pio XII tivessem sido publicadas nas páginas do jornal italiano, é provável que o curso da Segunda Guerra Mundial tivesse tomado um rumo diferente. Certamente, muito menos pessoas teriam sido perseguidas e executadas durante a guerra. Aquele foi um dos momentos em que a Igreja poderia ter levantado a voz contra o genocídio perpetrado sob as ordens de Hitler.

E por que Pio XII optou pelo silêncio? Dias antes, o papa teria sido informado de que um protesto de bispos alemães havia causado a perseguição e a deportação de 40 mil católicos de origem judia. O medo dopapa era que seu posicionamento aberto contra Hitler pudesse despertar ainda mais a ira do Führer, a ponto de outras centenas de milhares de católicos passarem a ser perseguidos pelo regime do ditador alemão.

Entretanto, alguns estudiosos afirmam que, caso o Santo Padre tivesse se manifestado contra o Holocausto, milhões de vidas poderiam ter sido salvas. Hitler não iria comprar briga contra a Igreja romana porque um terço do povo alemão, inclusive ele mesmo, era católico. Se o papa tivesse declarado sua oposição a Hitler, é possível que a reação contra o nazismo tivesse aumentado fortemente, acelerando o fim da Segunda Guerra Mundial.