Imperialismo português em exposição

Exposição relembra os tempos áureos de Portugal.

Rodrigo Cavalcante Publicado em 01/08/2007, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Reunindo cerca de 250 peças de museus da China, Índia, Japão, América do Sul e Europa, a exposição Encompassing the Globe: Portugal and the World in the 16th and 17th Centuries (“Circundando o globo: Portugal e o mundo nos séculos 16 e 17”) em Washington, Estados Unidos, está sendo considerada pela imprensa americana uma das maiores atrações culturais da capital do país.

A exposição, no Instituto Smithsonian, revela a presença portuguesa no mundo por meio de mapas, peças de marfim africanas, esculturas chinesas, santos barrocos brasileiros, quadros indianos – enfim, artefatos que nunca haviam sido reunidos em uma única exposição anteriormente. Não é à toa que, segundo o The New York Times, a exposição não apenas revela como Portugal dominou o mundo como também é “esteticamente prodigiosa”.