Três livros com entrevistas históricas e imperdíveis

Três livros com entrevistas históricas e imperdíveis

José Castello* Publicado em 01/09/2007, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Conversas com Cortázar

Ernesto González Bermejo, Jorge Zahar, 2002

Entre os escritores sul-americanos do século 20, o argentino Julio Cortázar foi não só um dos maiores, mas um dos mais radicais. Nessa longa entrevista a Ernesto Bermejo, ele nos dá uma rigorosa, mas nada ortodoxa, lição de literatura.

Borges Sabato – Diálogos

Org. Orlando Barone, Globo, 2005

Jorge Luis Borges e Ernesto Sabato, dois dos maiores escritores sul-americanos do século 20, habitam universos distantes, senão opostos, no cenário literário. A magnífica chance de um longo diálogo entre eles toca em alguns dos pontos e impasses decisivos da literatura modernista.

Idéias Fixas de João Cabral de Melo Neto

Félix de Athayde, Nova Fronteira, 1998

Não é um livro de entrevistas clássico, mas uma coletânea muito inspirada, feita por Félix de Athayde, de alguns dos momentos mais importantes das longas entrevistas que João Cabral deu ao longo da vida. O resultado é uma esplêndida reflexão sobre a poesia.

*José Castello é escritor e autor, entre outros livros, do recém-lançado A Literatura na Poltrona.