Livros de guerra: escolha suas batalhas

Livros de guerra: escolha suas batalhas

Natalia Yudenitsch Publicado em 01/01/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

A história da humanidade é toda pontuada de guerras e, Dentro de cada uma, dezenas, centenas de grandes e pequenas batalhas. Muitas delas cabem em sua estante. Basta fazer como os generais mais sábios e escolher as que realmente interessam

CONDECORADO

O SOLDADO ABSOLUTO

A medalha desta edição vai para a história do marechal Henrique Lott, que há 50 anos garantiu que JK assumisse a presidência do Brasil

O livro O Soldado Absoluto – Uma Biografia do Marechal Henrique Lott, de Wagner William, é um lançamento fundamental. Se não fosse a ação liderada por Lott, a ditadura militar teria começado em 1955. Depois do suicídio de Getúlio Vargas um ano antes, seu vice, Café Filho, assumiu o poder. Com as eleições chegando, um golpe militar pretendia assumir o comando do Brasil. Foi impedido pelo marechal, que garantiu o pleito e a conseqüente vitória de Juscelino Kubitschek. O livro conta a história e a trajetória de Henrique Batista Duffles Teixeira Lott, ministro da guerra e candidato à presidência, e é um retrato bem elaborado do país no período.

QUATRO BOAS LEITURAS

STALINGRADO, O CERCO FATAL

Premiadíssimo, o livro de Anthony Beever, mesmo autor de Berlim 1945, narra como foi a batalha mais importante do front ocidental na II Guerra Mundial. É bem detalhado, fruto da pesquisa caprichada de Beever em arquivos da Rússia, diários de soldados, relatórios, entrevistas e boletins médicos. Editora Record.

SOLDADOS FANTASMAS

O jornalista Hampton Sides esmiúça uma missão dramática e arriscada da II Guerra: o resgate de soldados americanos e britânicos feitos prisioneiros em um campo de guerra japonês nas Filipinas. A operação envolveu 121 homens do 6o batalhão de fuzileiros dos EUA. Editora Bertrand.

DESPACHO DO FRONT

A linguagem crua – com as gírias e o jargão militar dos soldados – é a forma pela qual o jornalista Michael Herr coloca o leitor no universo surreal que foi a Guerra do Vietnã, embalada por drogas e rock. O autor, que esteve no front a serviço da revista americana Esquire, traz uma visão autêntica sobre uma das guerras mais comentadas. Editora Objetiva.

1930, OS ÓRFÃOS DA REVOLUÇÃO

A história dos tenentes da Coluna Prestes – do exílio ao retorno clandestino ao país – é o foco da apurada pesquisa de Domingos Meirelles, que faz um retrato dessa conspiração – que culminou na Revolução de 1930 –, e dá outra visão aos eventos que mudaram a história do Brasil. Editora Record.