Macarrão mais velho do mundo é chinês

Macarrão mais velho do mundo é chinês

Cláudia de Castro Lima Publicado em 01/12/2005, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Acabou a velha polêmica sobre a origem do macarrão. Ele é chinês. E quem afirma isso é a ciência: foi encontrado na China o mais antigo fio de macarrão já descoberto, com 4 mil anos. Feito de milheto, uma variedade de milho, o tal fio tem 50 centímetros de comprimento e foi achado dentro de um pote, provavelmente enterrado durante uma inundação.

A descoberta foi feita em Lajia, um sítio arqueológico perto do rio Amarelo, no noroeste da China. “O macarrão ficou preservado porque estava num local sem oxigênio”, afirma Kam-Biu Liu, geógrafo que participou das pesquisas. “O fio encontrava-se entre uma tigela de cerâmica virada de cabeça para baixo e uma rocha sedimentada.” Hoje, a fotografia da iguaria é a única prova de seu achado. Isso porque, ao ser exposto ao ar, o macarrão virou pó em minutos. “Só deu tempo de fazermos o registro de seu delicado estado.”