Marines desarmados e perigosos

As letais táticas de luta corporal das mais eficientes forças de elite americanas

Marcos Todeschini Publicado em 12/07/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Os integrantes da United States Marine Corps (USMC), conhecidos simplesmente como marines, são uma espécie de coringas dentro das forças armadas dos Estados Unidos. Fundada em 1775, a corporação executa diversos tipos de missão em um território de guerra. Uma delas é a de se aproximar do inimigo e destruí-lo por meio de combates corpo a corpo.

Os marines são temidos por sua extrema agressividade e coragem para enfrentar qualquer situação. Hábeis combatentes com baionetas, facas ou qualquer instrumento improvisado, os marines são treinados também para lutas sem armas. Confira a seguir alguns dos golpes aprendidos pelos soldados durante sua dura fase de treinamento.

1. Mão de faca

Usando a lateral externa da mão (do dedo mínimo até o punho), o golpe é desferido entre o capacete e a roupa do oponente. Dois dos principais são:

Para fora

1. O marine junta os dedos da mão direita, deixando o dedão um pouco afastado

2. Puxa a mão pra trás. Enquanto isso, gira o quadril e o ombro também para trás.

3. Impulsiona a mão para frente, horizontalmente, em direção ao oponente, enquanto o quadril e o ombro direitos se lançam na mesma direção.

Para dentro

1. O marine deixa a mão direita na posição correta para o golpe, esticando e juntando os dedos da mão direita. Deixa o polegar um pouco afastado.

2. Eleva o braço direito ao ombro esquerdo. Ao mesmo tempo, gira o quadril esquerdo e o ombro direito para frente.

3. Move a mão direita para frente, horizontalmente, em direção ao oponente. Para ganhar mais impulso, gira o quadril o ombro direitos para frente, enquanto o ombro esquerdo se movimenta para trás.

2. Lançamento ao chão

Usado para derrubar o inimigo, enquanto o marine permanece em pé.

É particularmente eficiente se ambos estiverem usando equipamentos.

Estica e puxa

1. O marine agarra o pulso direito do inimigo com a mão esquerda.

2. Dá um passo à frente com o pé direito. Posiciona-o do lado de fora do pé direito do oponente e gira-o, de modo que o calcanhar fique na metade do pé do oponente. Com o braço direito, engancha o braço direito do oponentee pressiona-o contra os próprios bíceps e o antebraço.

3. Puxa o braço do inimigo para baixo, mantendo-o próximo a seu corpo. Gira à esquerda, equilibrando-se no calcanhar. Puxando para baixo o pulso do oponente, gira-o para frente, a fim de fazê-lo perder o equilíbrio e cair.

3. Cotovelaço

A alavanca formada pelo cotovelo, transforma-o em uma arma poderosa que pode ser usada de diferentes maneiras para atacar praticamente qualquer parte do corpo do inimigo.

De baixo para cima

1. O marine dobra o cotovelo direito, mantendo o punho próximo ao corpo. O pulso deve estar na altura do ombro e o cotovelo perto do tórax.

2. Atinge o inimigo com o antebraço, em torno de cinco centímetros acima do cotovelo.

De cima para baixo

1. O marine dobra o cotovelo direito, mantendo o punho próximo ao corpo. O pulso fica na altura do ombro e o cotovelo bem acima disso.

2. Impulsiona o cotovelo verticalmente para baixo, em direção ao oponente. Para ganhar mais força, joga o peso do corpo em cima do adversário enquanto efetua o ataque. Contata o inimigo com o tríceps direito cinco centímetros acima do cotovelo.