Mel e minas na Croácia

Abelhas estão sendo treinadas para descobrir explosivos

Guilherme Gorgulho Publicado em 01/07/2007, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Pesquisadores croatas estão testando uma técnica inovadora e barata para localizar minas por meio do uso de abelhas. A técnica, ainda em fase de testes, consiste em treinar os insetos para associar o cheiro dos explosivos a seu alimento.

Com criações de abelhas em abundância no país e a facilidade no treinamento das colônias de insetos, os cientistas da Universidade de Zagreb acreditam que a opção pode ser uma saída economicamente viável para neutralizar os campos minados na região. O professor Nikola Kezic, que chefia a equipe de pesquisa, afirma que a motivação do estudo foi a preocupação com a população que está exposta ao risco desse tipo de arma. Estima-se que mais de mil quilômetros quadrados no interior da Croácia estejam infestados de minas. Desde 1998, mais de cem pessoas morreram no país em decorrência dessas armas.