Morte ao alcance das mãos

Morte ao alcance das mãos

27/05/2009 03h22 Publicado em 27/05/2009, às 03h22 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Na primavera de 1934, a cientista Marie Curie (1867-1934) fez uma última visita à Polônia, sua terra natal. Poucos meses depois, ela morria, na França, vítima de anemia aplástica, uma doença que ataca a medula óssea. Tudo indica que Marie foi morta pelo próprio trabalho. Durante quatro décadas, ela pesquisou os efeitos da radiação. Costumava levar nos bolsos tubos de ensaio contendo material radioativo, que podem ter provocado o problema na medula. Atualmente, o nome de Marie batiza dezenas de centros de estudos contra o câncer em todo o mundo.