Napoleão Bonaparte: Casca grossa

Napoleão Bonaparte: Casca grossa

Flávia Pinho Publicado em 01/06/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Quem tinha o privilégio (ou o azar) de se sentar à mesa com Napoleão Bonaparte (1769-1821) conhecia um lado nada glamuroso do imperador da França. Glutão, ele comia com as mãos e adorava pratos banhados em gordura. No desjejum, comia ovos fritos com azeitonas e pimenta. No almoço, devorava muita lingüiça. O pior, no entanto, vinha à noite. De acordo com uma revelação do cozinheiro do palácio, Denis Dunant, o patrão tomava uma sopinha de feijão com legumes antes de dormir. O caldo era tão espesso que a colher ficava em pé no meio do prato. Coitada da Josefina, a mulher do imperador...