Notas arqueológicas

Notas arqueológicas

01/09/2006 00h00 Publicado em 01/09/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

O ouro dos trácios

Uma adaga de ouro bem conservada foi recuperada de uma tumba na Bulgária e lança luz sobre a perdida civilização da Trácia. A arma sugere que os trácios eram donos de um sofisticado conhecimento para trabalhar metais, contrariando a tese de que eles eram povos selvagens e sanguinários. O artefato, que os arqueólogos acreditam ser de 3 000 a.C., é o mais recente de uma série de achados na região, que ganhou o apelido de "vale dos reis trácios".

Rescaldo de Famagusta

Restos de um navio de guerra turco do século 16 foram descobertos perto da costa do Chipre. Os três canhões e a âncora foram encontrados acidentalmente por dois mergulhadores. Acredita-se que a embarcação fazia parte da frota otomana que sitiou Famagusta em 1570 e 1571. Lideradas pelo general Lala Mustafa, os turcos perderam 80 mil homens até conseguirem tomar a cidade.

Engolido pelo deserto

Arqueólogos descobriram um bombardeiro da Segunda Guerra no deserto de Mojave, na Califórnia. No dia 9 de abril de 1944, um B-54D caiu na região durante uma missão de treinamento. As famílias dos 10 membros da tripulação foram avisadas, mas nunca puderam enterrar seus entes. Agora, 60 anos depois, uma missão irá recuperar os restos mortais do acidente.