Outubro na História

Outubro na História

Maria Carolina Cristianini Publicado em 01/10/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

539 a.C.

Durante a madrugada e sem encontrar resistência, o exército de Ciro, o Grande, rei dos persas, entra em Babilônia e toma o local. A vitória, além de consolidar ainda mais a expansão do Império Persa (que ia do atual Paquistão ao mar Mediterrâneo) e dar o domínio da cidade a eles, fez de Ciro uma espécie de salvador para os judeus. Desde a conquista de Jerusalém pelo rei babilônio Nabucodonosor, em 587 a.C., muitos hebreus haviam sido deportados para Babilônia – o período ficou conhecido como Cativeiro Babilônico. Os que não rumaram para a cidade se espalharam pelo mundo. Com o êxito desse dia, Ciro autorizou os hebreus a regressarem para sua terra. Lá os judeus formaram um pequeno Estado vassalo do império persa, reorganizaram a monarquia e reconstruíram o Templo de Jerusalém, destruído quase 50 anos antes.

Dia 6, em Babilônia, atual Iraque

311 a.C.

Alexandre, o Grande, vence a Batalha de Gaugamela, também conhecida como Batalha de Arbelas, contra Dario III, derrubando o imperador. A conquista abriu caminho para que Alexandre submetesse as grandes cidades persas e controlasse o sul da Ásia.

Dia 1§, no atual Iraque

1469

Os reis católicos Fernando, rei da Sicília e herdeiro do reino de Aragão, e Isabel, do reino de Castela, se casam. O matrimônio marca o início do processo de unificação dos reinos ibéricos que dariam origem à Espanha.

Dia 18, em Valladolid, na Espanha

1517

Em protesto contra o que considerava desvios doutrinários e teológicos na Igreja Católica, como a venda de indulgências, o teólogo e frade agostiniano Martinho Lutero elabora 95 teses e as prega na porta da igreja do castelo de Wittenberg. Era o marco do começo da Reforma Protestante.

Dia 31, na Alemanha

1793

Esposa de Luís XVI, deposto e morto nove meses antes sob acusação de traição durante a Revolução Francesa, Maria Antonieta morre na guilhotina depois de passar um ano na prisão.

Dia 16, em Paris

Eu me lembro

"Eu fui condenada não a uma morte vergonhosa, que só pode ser aplicada aos criminosos, mas a encontrar seu irmão outra vez. Eu peço o perdão de todos que eu conheço por todo mal que involuntariamente eu possa ter causado a eles. Adeus, boa irmã. Eu abraço você com todo meu coração."

Trecho de carta de Maria Antonieta para sua cunhada, madame Elisabeth, escrita no dia de sua morte

1871

Por volta de 21h de um domingo, começa o que ficou conhecido como Grande Incêndio de Chicago, provavelmente causado pela queda de um lampião em um celeiro. Em questão de horas o centro da cidade ficou destruído – o incêndio durou dois dias. Ao menos 250 pessoas morreram e 90 mil ficaram desabrigadas.

Dia 8, em Chicago

1962

O presidente americano John F. Kennedy anuncia que Cuba abriga mísseis soviéticos. A Crise dos Mísseis, que deixou o mundo na iminência de uma guerra nuclear, termina uma semana depois com a retirada dos armamentos da ilha.

Dia 22, nos Estados Unidos

1984

Indira Gandhi, primeira-ministra da Índia, é morta a tiros, ao sair de casa, por dois homens de sua guarda pessoal, membros da seita religiosa sikh, um grupo que lutava pela autonomia do Estado do Punjab.

Dia 31, em Nova Délhi

Eu me lembro

"Trabalhava em Calcutá, onde morava na época, quando soube. A morte só foi confirmada às 15h30, cerca de seis horas depois dos disparos. Todos os escritórios foram fechados e o trânsito parou. Tentei ir para casa de carro, mas não consegui – procissões nas ruas não permitiam a passagem. Foi declarado feriado nacional. O país ficou em choque por três dias."

Swapan Bose, engenheiro civil indiano, morador de Nova Délhi

1996

Logo após a decolagem do aeroporto de Congonhas rumo ao Rio de Janeiro, a aeronave de prefixo PT-MRK, um Fokker 100 da TAM, cai na rua Luís Orsini de Castro, no bairro paulistano do Jabaquara, zona sul da cidade. Os 90 passageiros e os seis tripulantes morrem na hora, além de três pessoas que estavam em terra.

Dia 31, em São Paulo

Eu me lembro

"Estava na avenida dos Bandeirantes, bem perto do aeroporto, quando vi muita fumaça. Me dirigi para o local de onde ela vinha e fui o primeiro jornalista a chegar lá. Vi pedaços inteiros do avião e muito fogo. Me impressionei com duas coisas: um pedaço de uma turbina e um dos trens de pouso dentro de um quarto de uma casa e o absoluto silêncio com que a polícia, os bombeiros e o pessoal do resgate trabalhavam no local. Todos estavam impressionados, em estado de choque. Eu fiquei uns dez dias depois disso sem saber direito onde estava, para onde ia. Foi traumatizante para todo mundo."

João Palomino, apresentador de TV