Pouso Forçado ¿ A História por Trás da Destruição da Panair do Brasil pelo Regime Militar: De asas cortadas

Pouso Forçado ¿ A História por Trás da Destruição da Panair do Brasil pelo Regime Militar: De asas cortadas

Ernani Fagundes Publicado em 01/02/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Cinco mil funcionários e o desejo de voltar a voar. Este é o enredo de Pouso Forçado – A História por Trás da Destruição da Panair do Brasil pelo Regime Militar (Record). Na obra, o talentoso escritor Daniel Leb Sasaki conta como, no desespero da falência imposta, lindas aeromoças faziam passeatas e até greve de fome para pressionar as autoridades – o governo cancelou as concessões de vôo da maior companhia aérea do país porque seus acionistas, Mário Wallace Simonsen e Celso Rocha Miranda, não apoiaram o golpe de 1964.