Os primórdios da aviação

Os primórdios da aviação

Tiago Cordeiro Publicado em 01/09/2006, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

A humanidade controla a terra desde que surgiu há 200 mil anos, e é capaz de navegar por rios e mares há pelo menos 6 mil anos. Mas o ar permaneceu inacessível até o século 18, quando os primeiros balões alcançaram o céu. Antes disso, só existiam poucos artefatos capazes de voar sem passageiros. Um dos mais notáveis deles foi criado pelo padre brasileiro Bartolomeu Lourenço de Gusmão, que em 1709 espantou a Corte portuguesa com um pequeno balão. Foram necessários mais 150 anos para que surgissem os primeiros aparelhos mais pesados que o ar, e mais décadas de experimentos até que o Flyer, o avião criado pelos irmãos americanos Orville e Wilbur Wright, voasse pela primeira vez, em 1903.

Desafiando a gravidade

A história da aviação começa no século 15, com os esboços de Leonardo Da Vinci. A partir do estudo anatômico das asas dos pássaros, Da Vinci projetou o ornitóptero, um aparelho feito com asas acopladas aos braços, o primeiro pára-quedas e o primeiro helicóptero. Em suas mais de 5 mil páginas de anotações sobre o vôo, ele resolveu vários problemas, como o cálculo da área de sustentação necessária para elevar um homem. O italiano nunca tirou seus projetos do papel, mas, no século 20, um de seus planadores foi construído e funcionou. Antes de Da Vinci, a exploração do ar resumia-se a dois tipos de iniciativas. De um lado estavam os inventores que criavam objetos capazes de planar. Em 600 a.C, os chineses criaram as primeiras pipas, e 200 anos depois o físico grego Árquitas construiu um pombo de madeira cheio de ar, capaz de voar por até 180 metros. De outro lado, havia pessoas tentando chegar ao ar em aparelhos que imitavam os movimentos dos pássaros. Foi o caso do monge beneditino inglês Oliver de Malmesbury, que em 1050 saltou da torre de um mosteiro usando asas feitas de madeira e tecido. Ele acabou morrendo com a queda.

Vôo sem aparelhos

Além dos mitos sobre deuses que voavam, em todo o mundo correm lendas a respeito de pessoas que pareciam ser capazes de voar sozinhas, sem a ajuda de qualquer aparelho. As escrituras sagradas da Índia fornecem instruções sobre como levitar – e existem iogues que se dizem capazes de fazê-lo. Em 1936, a revista inglesa London News publicou fotografias do iogue indiano Subbayah Pullavar levitando. Também há registros desse fenômeno na Europa católica. Na Espanha do século 16, Santa Teresa D’Ávila teria levitado diante de 230 padres. No século 17, o frei franciscano italiano São José de Copertino (1603-1663) teria usado da autoflagelação para alcançar o êxtase religioso e voar. Chamado para conversar com o papa Urbano VIII, ele teria levitado dentro do Vaticano.

Deuses alados

Muito antes de os homens serem capazes de voar, os entes mitológicos já ocupavam o espaço. Os gregos Dédalo e Ícaro, o romano Mercúrio, o hindu Garuda, o nórdico Ihor, e o Simurgh dos persas voavam, e em dezenas de culturas antigas o céu era a moradia dos deuses. Os pássaros também tinham uma função especial. Zeus transformava-se em águia e cisne, e o deus escandinavo Hraesvelg adotava a forma de um pássaro capaz de movimentar o ar. Além disso, o próprio mito cristão do Espírito Santo é representado por uma pomba. Os antigos mesopotâmios acreditavam que os mortos viviam como aves no mundo do além. No Egito, os pássaros eram considerados portadores de poderes celestes.

Modelo precursor

O primeiro avião patenteado da história nunca saiu do chão. Em 1843,o engenheiro inglês William Samuel Henson registrou em seu nome o Ariel, uma aeronave que tinha motores, hélices e asa fixa. Nos anos seguintes, ele e seu sócio John Stringfellow construíram vários modelos. Os dois estavam tão confiantes que criaram uma empresa, a Aeríal Transit Company, e divulgaram panfletos mostrando o aparelho sobrevoando Londres e as pirâmides do Egito. O modelo nunca se manteve no ar por mais de três segundos, mas seu desenho influenciou os aviões construídos na Primeira Guerra.

 

 

TECNOLOGIA

18l4 - Stephenson inventa a locomotiva a vapor

1820 - Inaugurada a iluminação urbana em Londres

1837 - Ingleses inventam o telégrafo

1843 - Henson registra patente, na lnglaterra, de uma aeronave motorizada (que não voa)

1846 - Anestesia é usada pela primeira vez em hospital

1852 - Giffard realiza primeiro vôo de balão motorizado (França)

1853 - Cayley conduz o primeiro planador por 275metros na lnglaterra

1859 - Perfurado nos EUA o primeiro poço de petróleo

1867 - Sholes inventa a máquina de escrever (EUA)

1872 - Adams Jr. produz chicletes industrialmente

1876 - Graham Bell inventa o telefone

1879 - Thomas Edison inventa a lâmpada

1885 - Na Alemanha Benz e Daimler produzem o primeiro automóvel

1886 - Pemberton, farmacêutico americano, cria a Coca-Cola

1890 - Clément Ader conduz a primeira decolagem com aeroplano motorizado

1893 - Otho Lilienthal realiza na Alemanha o primeiro vôo de planador pilotado

1896 - Marconi inventa o telégrafo sem fio

1897 - Hoffman cria a aspirina (Alemanha)

1899 - Zeppelin constrói seu primeiro dirigível na Alemanha

1903 - Irmãos Wright realizam o primeiro vôo prolongado, pilotado e motorizado

MUNDO

1815 - Napoleão é derrotado em Waterloo

1816 - Argentina proclama a independência

1864 - Abraham Lincoln é assassinado

1868 - início da Era Meiji no Japão

1896 - Acontecem os primeiros Jogos Olímpicos modernos

BRASIL

1822 - Brasil proclama independência

1824 - Promulgada a primeira Constituição brasileira

1831 - D. Pedro 1 abdica do trono

1850 - Lei Eusébio de Queiroz extingue o tráfico de escravos no Brasil

1864 - Paraguai declara guerra ao Brasil

1870 - Fim da Guerra do Paraguai

1888 - Lei Áurea abole a escravidão

1889 - Brasil proclama a República

1895 - Descoberto o raio-X

CULTURA

1818 - Mary Shelley publica Frankenstein

1824 - Beethoven compõe a Nona Sinfonia

1848 - Marx e Engels publicam o manifesto comunista

1859 - Darwin publica A Origem das Espécies

1870 - Carlos Gomes compõe O Guarani

1880 - Rodin esculpe O Pensador

1895 - Irmãos Lumière inauguram o cinema