Schwimmwagen: Relíquia nazista veio parar em São Paulo

Schwimmwagen: Relíquia nazista veio parar em São Paulo

Luiz Guedes Jr. Publicado em 01/10/2005, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Dois raríssimos exemplares de um carro anfíbio, o Schwimmwagen, usado pelos soldados de Hitler, vieram parar no Brasil. Como? De navio, trazidos por um imigrante.

Projetados exclusivamente para a Segunda Guerra, os dois carros foram abandonados pelas tropas alemãs em fuga em frente a casa de Dieter Leonard Adolf Schnur, então com 14 anos. O jovem desmontou os modelos, embalou peça por peça e enterrou tudo no quintal. Dez anos mais tarde, em 1954, quando o governo alemão autorizou a compra oficial de artefatos de guerra, Dieter desenterrou seu tesouro e remontou os carros – que funcionaram perfeitamente.

O alemão veio para o Brasil em 1961. Trouxe, claro, suas relíquias, em contêineres. E teve uma surpresa: ao trocar um disco de embreagem, achou cartuchos com balas de metralhadora escondidos sob a carroceria.