Vinhos que são jóias engarrafadas

Adega do hotel parisiense abriga vinhos centenários

Flávia Pinho Publicado em 24/08/2009, às 06h50 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Erguido em 1928, o hotel George V, em Paris, é um símbolo do glamour. Além dos quartos luxuosos, que custam a partir de 2300 reais, o lugar abriga o restaurante Le Cinq. Uma das maiores riquezas do hotel, porém, fica no subsolo. A adega do George V já nasceu fazendo história: as pedras retiradas na escavação da galeria foram usadas para erguer o Arco do Triunfo. E, durante a Segunda Guerra Mundial, o acervo foi emparedado para escapar da pilhagem alemã. O hotel trocou de proprietário em 1997 e as 80 garrafas remanescentes foram leiloadas. Hoje a adega tem 50 mil garrafas, entre elas, raridades que justificam as visitas guiadas que ocorrem ali: a mais antiga, um vinho Madeira, safra 1850, vale 100 mil reais.