Curiosidades » Arqueologia

10 descobertas arqueológicas mais lidas da última semana

Confira as notícias sobre o capacete grego-ilírio na tumba de um guerreiro, hieróglifo do rei Escorpião, esqueleto em um poço misterioso e muito mais

Isabela Barreiros Publicado em 12/12/2020, às 10h00

Capacete grego-ilíria descoberto na Croácia
Capacete grego-ilíria descoberto na Croácia - Divulgação - Museus de Dubrovnik

1. Capacete grego-ilírio na Croácia

Arqueólogos descobriram em uma caverna em Zakotarac, na Croácia, o túmulo de um guerreiro do século 4 a.C. Junto dele, estava um item impressionante: um capacete feito de bronze do tipo grego-ilíria. Além disso, foram localizados o esqueleto do guerreiro, o de uma mulher usando uma pulseira de bronze e um tesouro de armas de ferro, que consistia em lanças e facas. 

Confira a notícia aqui.


2. Hieróglifos de 5 mil anos do 'rei Escorpião' no Sudão

Reprodução digital dos hieróglifos encontrados na rocha / Crédito: Umzeichnung David Sabel / Universität Bonn

 

No Sudão, pesquisadores localizaram hieróglifos entalhados há cerca de 5 mil anos, que descreviam o "Domínio de Horus Rei Escorpião". As escrituras apresentavam um símbolo circular de demarcação territorial de um líder político, o que fez com que a inscrição fosse considerada como uma das primeiras evidências históricas do surgimento de um Estado territorial.

Confira a notícia aqui.


3. Carruagem de quase 400 anos na Ucrânia

Carruagem sendo retirada de dentro da água / Crédito: Reserva Nacional Khortytsia

 

Uma carruagem de caminhão foi descoberta no fundo do Rio Dniepre, na Ucrânia. Ela servia como transporte de artilharia de grande calibre e pesa cerca de 2 a 3 toneladas, datando do período cossaco, séculos 16 a 18. O que mais impressionou os pesquisadores foi que ela estava a profundidade de nove metros no rio. 

Confira a notícia aqui.


4. Esqueleto em poço da Idade do Bronze na Inglaterra

Imagem do local que foi escavado / Crédito: Oxford Archaeology East

 

Uma equipe de especialistas identificou na cidade de Bishop's Stortford, na Inglaterra, um esqueleto em um poço misterioso que data da Idade do Bronze. O achado intrigou pesquisadores: teria o indivíduo caído no poço ou ele foi deliberadamente jogado ou enterrado no local inusitado? Apenas mais pesquisas poderão responder essas questões. 

Confira a notícia aqui.


5. Partes do palácio de Herodes, o Grande, em Israel

Vista ampla do Herodium / Crédito: Wikimedia Commons

 

Áreas até então desconhecidas do enorme palácio de palácio de Herodes, o Grande, foram identificadas perto de Belém, no deserto da Judeia. Os pesquisadores informaram ainda que o público poderá visitar o impressionante local, passando pela uma grande escadaria que leva do túmulo ao saguão principal até o teatro particular do rei.

Confira a notícia aqui.


6. Mais de 10 mil artefatos em sítio arqueológico na Turquia

Escavação arqueológica na Turquia / Crédito: Divulgação

 

Em escavações realizadas no sítio arqueológico de Harran, Patrimônio Mundial da Unesco, localizado na Turquia, pesquisadores identificaram mais de dez mil artefatos impressionantes. Alguns eram itens de cerâmica, metal, vidros, moedas, estatuetas, além de objetos de ossos e marfim.

Confira a notícia aqui.


7. Mais antigo documento escrito da Turquia 

Crédito: Divulgação - AA Photo

 

Na cidade de Filyos, na Turquia, arqueólogos descobriram o que se acredita ser o documento escrito mais antigo da região do Mar Negro. Esse achado indica a presença de frígios na região antes dos helenos, segundo os pesquisadores envolvidos, o que muda algumas perspectivas históricas. 

Confira a notícia aqui.


8. Itens medievais para espantar bruxas e demônios na Inglaterra

Os crânios encontrados / Crédito: Divulgação/ Kerrie e Bleddyn Jackson

 

Durante uma reforma em sua casa, North Wales, no Reino Unido, um casal se deparou com objetos que, no passado, eram usados como forma de espantar bruxas e demônios. Eles encontraram oito sapato (todos do pé esquerdo), a parte de um chapéu, canos de arma e o crânio de dois animais.

Confira a notícia aqui.


9. Caligrafia de icônico general em antiga tumba na China

A tumba / Crédito: Divulgação - Xinhua

 

Uma investigação arqueológica realizada em um túmulo da província de Xianxim, na China, revelou um epitáfio que foi escrito por um icônico “mestre da caligrafia”. Yan Zhenqing era conhecido por sua caligrafia, além de ser general militar, político e governador, e o fato de ela estar inscrita em um túmulo significa que a pessoa que estava enterrada fazia parte da nobreza.

Confira a notícia aqui.


10. Tesouro com 64 moedas da Era Tudor na Inglaterra

Crédito: Divulgação/Museu Britânico

 

Ao acaso, uma família descobriu em seu jardim em New Forest, sul da Inglaterra, um impressionante tesouro que continha ao menos 64 moedas que datam da Era Tudor. Os objetos apresentavam ainda as iniciais de três esposas do rei Henrique VIII: Jane Seymour (I), Ana Bolena (A) e, Catarina de Aragão (K).

Confira a notícia aqui.


+Saiba mais sobre arqueologia por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Arqueologia, de Pedro Paulo Funari (2003) - https://amzn.to/36N44tI

Uma breve história da arqueologia, de Brian Fagan (2019) - https://amzn.to/2GHGaWg

Descobrindo a arqueologia: o que os mortos podem nos contar sobre a vida?, de Alecsandra Fernandes (2014) - https://amzn.to/36QkWjD

Manual de Arqueologia Pré-histórica, de Nuno Ferreira Bicho (2011) - https://amzn.to/2S58oPL

História do Pensamento Arqueológico, de Bruce G. Trigger (2011) - https://amzn.to/34tKEeb

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W