Curiosidades » Entretenimento

101 Dálmatas: 5 curiosidades que você precisa saber antes de assistir Cruella

O clássico da década de 1960 conta com segredos que nem todos sabem, desde a inspiração para os personagens até participações especiais que passaram despercebidas

Alana Sousa Publicado em 17/02/2021, às 14h30

Cena do clássico filme da Disneu, 101 Dálmatas (1961)
Cena do clássico filme da Disneu, 101 Dálmatas (1961) - Divulgação/Disney

Com estreia marcada para o próximo 28 de maio, Cruella promete ser mais um sucesso da Disney. Inspirado na vilã do clássico 101 Dálmatas, o longa mostrará a saga da antagonista, interpretada pela vencedora do Globo de Ouro e do Oscar, Emma Stone.

Diferente da readaptação de 1996, que foi baseada na história de Pongo e Perdita e trouxe Glenn Close como a extravagante Cruella DeVil, a nova obra pretende mostrar outro lado da vilã, seu passado e suas motivações serão exploradas.

Emma Stone como Cruella / Crédito: Divulgação/Disney

 

Nesta quarta-feira, 17, o primeiro trailer do filme foi liberado para o público. Com cenas eletrizantes e a transformação da personagem, a primeira exibição do que está por vir impressionou o público, justamente por apresentar uma Cruella que ainda não conhecemos.

Para relembrar uma das animações mais amadas, confira abaixo 5 curiosidades sobre 101 Dálmatas.

1. Um sucesso inegável 

Consagrado como uma das melhores animações da Disney, tanto para os fãs mais assíduos quanto para o público em geral, 101 Dálmatas conseguiu um feito memorável, há mais de seis décadas. No ano de 1961, quando estreou, o filme foi o de maior bilheteria nos Estados Unidos, arrecadando 102 milhões de dólares (na conversão atual, o valor seria algo em torno de 547 milhões de reais); as informações são do site Insider.

Filhotes no filme 101 Dálmatas / Crédito: Divulgação/Disney

 

Além do estrondoso sucesso nas telonas, a produção possui uma pontuação impressionante do site Rotten Tomatoes, utilizado para medir a aprovação da crítica e dos telespectadores. A plataforma, que foi lançada em 1998, costuma guardar uma porcentagem mais baixa para obras que foram lançadas há muito tempo, o que não é o caso com 101 Dálmatas.

A animação da Disney conta com 98% da avaliação da crítica especializada, feito bastante complicado mesmo para filmes que são lançados atualmente.


2. O filme foi baseado em um romance

Com uma originalidade inegável, a obra não foi criada especialmente para as telonas. 101 Dálmatas foi adaptado do romance infantil da inglesa Dodie Smith, lançado em 1956. A trama segue o sequestro de dezenas de filhotes de dálmatas do casal Pongo e Missis. A adaptação é fiel ao livro, mudando apenas poucos detalhes como o nome de Perdita, que na literatura é Missis.

Pongo e Perdita / Crédito: Divulgação/Disney

 

A história foi adaptada para o cinema sob a direção de Clyde Geronimi, Hamilton Luske e Wolfgang Reitherman. Assim como a obra original, sequencias foram produzidas, mas nenhuma delas chegou a ter tanta visibilidade quanto o primeiro filme e livro.


3. Cruella, uma vilã moderna

Um dos principais e mais importantes animadores da Disney, Marc Davis, queria trazer uma vilã diferente para o público. Conhecido como um dos Nove Anciões da Disney, o artista buscou apresentar para os fãs uma antagonista visualmente distante de Malévola, a qual ele trabalhou diretamente para criar.

Cruella DeVil em cena de 101 Dálmatas / Crédito: Divulgação/Disney

 

Segundo o site Insider, Davis trouxe inspiração de uma mulher comum que ele havia visto em uma festa. De fato, Cruella DeVil não se parece com nenhum outro personagem, o cabelo de duas cores, as roupas modernas e os acessórios únicos dão uma sensação de excentricidade que não foi repetida em outras vilãs.

Para alimentar o mistério, Marc jamais revelou quem havia sido sua fonte de pesquisa. Embora em uma entrevista ao LA Times, em 1985, o animador tenha admitido que usou características da famosa atriz Tallulah Bankhead para criar DeVil.


4. Pongo é baseado em um cachorro de verdade

Um dos protagonistas de 101 Dálmatas é Pongo, o pai de todos os filhotes que, junto com sua amada Perdita, tenta recuperar os cachorrinhos. No entanto, para a surpresa de todos, o cão foi inspirado em outro animal da vida real.

Perdita e Pongo/ Crédito: Divulgação/Disney

 

Em 1934, Dodie Smith tinha ganhado de presente de seu marido um filhote de dálmata, o qual ela nomeou de Pongo. O amor era tamanho que a romancista decidiu fazer de seu cachorro o protagonista do que muitos consideram sua obra de maior sucesso.


5. Participações especiais 

Alguns detalhes instigantes passaram despercebidos pelo público. Como todos os fãs sabem, grande parte dos filmes da Disney contém referências a outras obras do estúdio, com 101 Dálmatas não foi diferente. Os latidos dos cães no clássico foram gravados pelo dublador original do Pato Donald, sendo assim, ainda que indiretamente, o amigo do Mickey desempenha um papel na produção.

Filhotes assistindo Springtime / Crédito: Divulgação/Disney

 

No minuto 35 de 101 Dálmatas, vemos dois personagens já conhecidos do público, trata-se da Dama e o Vagabundo. Enquanto o cachorro está em cima de um caminhão, a cadela se encontra na rua, em uma cena bastante visível.

Por último, em um momento com os filhotes sequestrados, podemos vê-los assistindo em uma televisão antiga o curta-metragem preto e branco, Springtime, lançado pelo estúdio em 1929.


+Saiba mais sobre o Walt Disney por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

1. Walt Disney: O triunfo da imaginação americana - 3ª Edição, de Neal Gabler (2020) - https://amzn.to/3eXJsEn

2. A magia do império Disney, de Ginha Nader (2019) - https://amzn.to/3eVVz53

3. Segredos de Walt Disney, de Jim Korkis (2015) - https://amzn.to/3aIzkMo

4. Você Conhece Walt Disney?, de Whitney Stewart e Nancy Harrison (2015) - https://amzn.to/2W6k5I7

5. Nos bastidores da Disney, de Tom Connellan (2010) - https://amzn.to/3eXKCzJ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W