Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / Brasil

De agressão a machado: 5 brigas eternizadas no jornalismo brasileiro

Expulsão de participante do Big Brother Brasil nesta terça-feira, 15, após caso de agressão chamou atenção de internautas

Redação Publicado em 15/02/2022, às 12h58

Brigas mais polêmicas da tv - Divulgação/Vídeo/Youtube
Brigas mais polêmicas da tv - Divulgação/Vídeo/Youtube

Iniciado no último mês, o programa Big Brother Brasil chama atenção dos brasileiros diante do confinamento de diferentes pessoas que disputam o prêmio total de 1 milhão de reais. 

A participante Maria, durante o jogo da discórdia ocorrido na noite de ontem, 14, acabou infringindo as regras do programa. Durante a dinâmica do conhecido 'jogo da discórdia', ela teve a chance de despejar um balde de água na participante Natália. No entanto, acabou indo além de bateu o item na cabeça da oponente de jogo. 

"Só não pode bater o balde na cabeça, né?", disse Natália após a atitude de Maria

Com a repercussão entre internautas, o site Aventuras na História relembra que não é de hoje que episódios de agressão são destaque na história brasileira.

Abaixo, separamos cinco casos famosos; confira!

1. João Gordo vs. Dado Dolabella 

A briga ocorrida em 2003, durante uma entrevista na extinta MTV Brasil, ainda é relembrada pelos brasileiros. Durante o episódio polêmico, Dado e o apresentadorJoão Gordo protagonizaram um clima tenso que fora marcado por xingamentos e até mesmo eternizado pela cena do cantor com um machado. 

João brincou com o ator e ironizou o nome de seu novo álbum ao transformar o título “Dado Para Você” em “Dando Para Você”.

"O Gordo zoava geral. O programa dele era chamar as pessoas para o programa e ficar esculachando com a cara da pessoa. Ele fez isso uma vez com a Wanessa Camargo, que na época era minha namorada. Quando ele entrevistou a Wanessa, ela saiu aos prantos do programa dele. Ela me ligou e não conseguia nem falar. Estava soluçando de chorar”, relatou Dado ao Barbacast. 

"Quando eu vi o programa, o camarada 'escrotando' minha mina, eu achei a maior covardia. E eu falei para ela: 'Relaxa que um dia esse cara vai me chamar para ir lá e ele vai ter o que ele merece. Ele acha que é louco, então ele vai encontrar alguém louco também no meio do caminho'", continou.

“Não sei de onde ele tirou essa ideia de que eu fui para zoar. Eu não fui para zoar. Fui para ele provar do próprio veneno mesmo, para ele experimentar o que ele fazia com os outros”, finalizou Dolabella.

2. Glenn Greenwald vs. Augusto Nunes

Ocorrida em 2019, o jornalista Glenn Greenwald era um dos convidados do programa Pânico, da rádio Jovem Pan. Além de Greenwald , o jornalista AugustoNunes também havia sido convidado para debater sobre o jornalismo brasileiro e as recentes matérias da Rede Globo sobre o caso Marielle Franco.  

No entanto, o que seria uma discussão saudável, acabou virando uma troca de ofensas e agressões físicas. Glenn chamou o jornalista de covarde, pois Nunes fez comentários sobre os filhos de Greenwald  com o deputado David Miranda. Visivelmente incomodado com as declarações do jornalista americano, Augusto tentou dar uma tapa em Glenn antes de acertá-lo no rosto.

A discussão se estendeu por segundo antes de o programa ser tirado do ar e voltar mais de 12 minutos depois. No regresso, enquanto AugustoNunes não estava presente no estúdio e Glenn foi aconselhado a não se referir novamente ao jornalista da casa e a não citar o ocorrido no restante da entrevista.

3. Kajuru vs. Marinho Soares

Essa briga ocorreu em 2004. De um lado Marinho Soares, então campeão brasileiro na categoria do peso meio-pesado e no auge de sua forma física e do outro um nome inusitado: o jornalista Jorge Kajuru, que guiava o programa “Esporte Total”, na TV Bandeirantes.

Durante a entrevista, Jorge criticou o campeão sobre a sua atuação no ringue contra no ringue contra Fábio Garrido, classificando como “covarde” por não entender a inconsciência do rival.

“Você não precisava dar os dois últimos socos nele. Ele já estava caído”. O entrevistado confrontou, considerando a crítica “uma burrice” e manifestando estar ofendido.

Na frente do apresentador, Marinho se levantou e ficou muito próximo do jornalista, o chamando de “frouxo” e outros palavrões de baixo calão enquanto a gritaria continuou sendo transmitida.

4. Grávida de Taubaté vs. SBT 

Em julho de 2021, o programa “Vem pra Cá”, exibido pelo SBT, tentava em contato com Maria Verônica Aparecida César Santos, que ficou conhecida em solo brasileiro como “a grávida de Taubaté” após fingir uma gravidez de quadrigêmeos em 2012. 

A reportagem tentativa realizar um reencontro de Maria com Chris Flores, a apresentadora desmascarou a farsa na época, durante o programa “Hoje em Dia”.

O episódio, contudo, não se concretizou: a equipe de reportagem fora recebida com hostilidade pelo possível parceiro da mulher. O homem chegou a dar um tapa na câmera, machucando a mão da repórter presente. 

5. Gil da Esfirra vs. Galerito

O Canal Livre é relembrado até hoje nos ‘grandes momentos da TV brasileira’ ao ser casa da rixa entre Gil da Esfirra e boneco Galerito.

Animador de palco e vendedor de salgados, Gil se enfurecia toda vez que o boneco Galerito, interpretado por Iserlohn Castro, fazia uma aparição no programa. Mas por que? Bom, o boneco o insistia em chamá-lo de Rogério — uma alusão à música de Renato Fechine.  

No entanto, Gil era conhecido pelo pavio curto e sempre batia de frente com quem fazia ‘brincadeiras de mal gosto’, e até mesmo piadas homofóbicas, contra sua pessoa.

Em uma das cenas mais memoráveis do Canal Livre, o cantor Nunes Filho está se apresentando quando Galerito faz uma brincadeira com Gil, que imediatamente saiu correndo para trás da estrutura que o boneco era posicionado.