Curiosidades » Arqueologia

5 descobertas arqueológicas impressionantes da Primeira Guerra Mundial

Túneis de bunker, granada e diário narrando os horrores do conflito podem ajudar a entender mais sobre o conflito sangrento

Isabela Barreiros Publicado em 10/10/2020, às 08h00

Parte do navio SV Carl encontrado na Inglaterra
Parte do navio SV Carl encontrado na Inglaterra - Divulgação/Youtube

Por mais que a Primeira Guerra Mundial tenha terminado há mais de 100 anos, suas consequências e seus vestígios permanecem até os dias de hoje. Inúmeros trabalhos arqueológicos tentaram, ao longo dos anos, desvendar alguns mistérios do evento que, pela primeira vez, envolveu todo o mundo.

Pesquisadores são responsáveis por inúmeras investigações que acontecem principalmente na Europa, mas também em locais onde os efeitos do conflito mundial chegaram. A partir da ciência, é possível entender melhor muitas das ações que foram realizadas pelas tropas durante as batalhas travadas. 

Separamos 5 descobertas arqueológicas feitas nos últimos anos que remontam ao período da Primeira Guerra Mundial. Confira:

1. Túneis de bunker na Holanda

Crédito: Governo de Flandres

 

Uma dos achados arqueológicos mais impressionantes nos últimos anos foi descoberto durante o período de obras no esgoto da vila de Wijtschate, na Holanda. Os operários encontraram túneis de um bunker da Primeira Guerra Mundial, feitos de madeira. Segundo o ministro do parlamento flamengo Matthias Diependaele, eles eram usados para proteção de bombardeiros por oficiais alemães.

“Devido à sua localização estratégica no topo de uma colina perto de Ypres, o Wijtschate desempenhou um papel importante na longa Primeira Guerra Mundial. Após fortes combates no final de 1914, os alemães conseguiram conquistar a vila”, explicou. Os túneis, encontrados em junho deste ano, funcionavam como acesso dos soldados para possíveis locais de abrigo.


2. Granada no Reino Unido

Crédito: Divulgação/HM Coastguard Minehead

 

Uma granada de mão, confeccionada para ser utilizada durante a Primeira Guerra, foi encontrada em fevereiro desde ano em meio a rochas de uma praia em Culver Cliff, na Ilha de Wight, norte da Inglaterra. Um turista foi responsável por localizá-la e avisar as autoridades locais, que perceberam que o artefato não possuía explosivos em seu interior. 

“Com itens recentes de tempestades como essa podem ser desenterrados, aconselhamos a todos os membros do público se suspeitarem que algo que encontraram no litoral seja material bélico para ligar para o 999 imediatamente e pedir a guarda costeira", explicou em comunicado a Guarda Costeira de Minehead. No local, já foram observados mais itens que remontam do mesmo período.


3. Navio alemão na Inglaterra

Parte do casco / Crédito: Divulgação/Youtube

 

A maré baixa na costa da Cornualha, na Inglaterra, revelou uma descoberta impressionante, que chocou qualquer pessoa que passasse pela praia. Foram desenterrados os restos de uma antiga embarcação que remonta do período da Primeira Guerra. Tratava-se do navio guerra alemão SV Carl, da Primeira Guerra Mundial, que estava sendo levado à região britânica com o intuito de ser reciclada.

Descoberto um século após seu naufrágio, em janeiro deste ano, o casco de quase 20 metros e um dos mastros foram expelidos do bolsão de areia da região devido a fortes temporais. Em 1914, o barco já estava em posse dos ingleses, que queria reformá-lo após ele ter colidido com um recife de corais.


4. Carta perdida de soldado nos Estados Unidos

Crédito: Divulgação/Mark Fatla

 

Em novembro de 2018, o advogado Mark Fatla descobriu, enquanto vasculhava o armário de sua casa na cidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, que em um antigo livro estava um item antigo e muito raro. Ele encontrou uma carta escondida escrita por um soldado logo após o fim da Primeira Guerra para sua mãe.

George S. Caldwell escreveu: “Estamos com saúde e comendo bem. Você perguntou se eu estava ferido no braço. Bem, sim, eu estava ferido no braço, no pulso direito, acabei levando 12 pontos para conter a ferida. Eu fui exposto a um pouco de gás, mas nada que pudesse me machucar. Também tive minhas pernas atingidas por uma metralhadora”.

O jovem estadunidense de 21 anos foi enviado para o conflito na França em junho de 1917 e escreveu a sua mãe enquanto se recuperava no país. “Bem, mãe, esta grande guerra acabou agora e alguns dos meninos começaram voltar para casa. Acredite em mim, espero estar em um desses barcos em breve”, disse.


5. Diário de soldado na Inglaterra

Crédito: Divulgação/Casa de Leilão Hanson Auctioneers

 

No condado de Leicestershire, na Inglaterra, foi encontrado, em fevereiro deste ano, um diário que foi escrito durante a Primeira Guerra Mundial, narrando, em especial, a Batalha de Somme, uma das mais sangrentas da época. Acredita-se que o caderno pertencia ao recruta do exército Arthur Edward Diggens.

"Algo horrível! Nunca vi nada parecido antes. Após um bombardeio de uma semana, os alemães montaram suas próprias trincheiras e a infantaria calcula que todo alemão tinha uma metralhadora. Nossos companheiros foram abatidos”, escreveu o engenheiro. O soldado descreveu em seu diário cenas do conflito entre fevereiro a outubro de 1916.


+ Saiba mais sobre a Primeira Guerra Mundial por meio das obras a seguir:

A Primeira Guerra Mundial: Os 1.590 dias que transformaram o mundo (2017) - https://amzn.to/2Bqc078

Box 1914-1918: a História da Primeira Guerra Mundial  (2016) - https://amzn.to/33JxoQM

A Primeira Guerra Mundial - https://amzn.to/2MS57Rf

O horror da guerra: Uma provocativa análise da primeira guerra mundial - https://amzn.to/2MOJMIw

A primeira guerra mundial: História Completa (2013) - https://amzn.to/2P0HKrC

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du