Curiosidades » Guerra do Vietnã

5 fatos sobre ações americanas durante a Guerra do Vietnã

De conflitos políticos a bombardeios em cidades inteiras, confira algumas peculiaridades sobre a longa batalha que ocorreu no século 20

Penélope Coelho Publicado em 30/04/2020, às 07h00 - Atualizado às 11h07

Avião americano bombardeando cidades no Vietnã do Norte em dezembro de 1972
Avião americano bombardeando cidades no Vietnã do Norte em dezembro de 1972 - Wikimedia Commons

Há exatos 45 anos uma das maiores batalhas cravadas no século 20, chegava ao fim. Em 30 de abril de 1975, os Estados Unidos perdeu a Guerra do Vietnã. O conflito que durou 20 anos começou por uma briga territorial, quando o Vietnã declarou sua independência da França. Milhares de pessoas foram mortas no episódio sangrento.

A seguir, confira fatos sobre a Guerra e as ações americanas e consequências desse conflito:

1- Guerra Fria

No auge da Guerra fria, um dos maiores embates entre a União Soviética e Estados Unidos — o antigo Vietnã do Sul dependia da ajuda econômica e militar dos EUA, enquanto o Vietnã do Norte recebia apoio da União Soviética e da China. Por isso, havia uma tensão entre as nações comunistas que apoiavam o exército do Vietnã do Norte e outros estados anticomunistas que apoiavam o Vietnã do Sul.

Combatentes vietnamitas durante batalha, em 1967 / Crédito: Wikimedia Commons

 

2- Golpe Militar

No ano de 1954, a Conferência de Genebra determinou a independência do Vietnã com dois governos separados: o do norte seria governado por Ho Chi Minh e aliado à União Soviética.

Já o sul seria comandado por Ngo Diem Dinh e manteria alianças americanas. Depois das eleições que deveriam ser realizadas em 1956, o acordo era que o país se unificasse, formando um único governo.

A medida com que as eleições se aproximavam, o governo comunista tinha fortes indícios de uma vitória. Por isso, o primeiro-ministro da região sul, Ngo Dinh Diem, deu um golpe militar no país, apoiado pelos EUA, iniciando assim uma guerra civil.

Inicialmente, os norte-americanos participavam fornecendo armas e conselheiros militares aos exércitos sul-vietnamitas, mas, logo depois entraram com seu exército no conflito.

3- Guerra Aérea

Essa batalha ficou marcada pela grande quantidade de aviões americanos utilizados para bombardear o Vietnã. A Força Aérea americana lançou 6,7 milhões de toneladas de bombas sobre o país. Os aliados dos Estados Unidos como Austrália e Nova Zelândia lançaram mais 1,4 milhão de toneladas.

A quantidade de bombas lançadas na Guerra do Vietnã corresponde a mais do que o dobro do volume de explosivos lançados pelo Reino Unido e EUA juntos, em operação na Europa e no Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial.

Bombardeio aéreo de forças armadas americanas sobre o Vietnã em 1966 / Crédito: Wikimedia Commons

 

4- Massacre de My Lai

Um dos atentados mais famosos e fatais da guerra ficou conhecido como massacre de My Lai. O maior ataque americano durante o confronto, aconteceu em 16 de março de 1968, mais de 500 civis sul-vietnamitas, sendo 182 mulheres, 17 grávidas e 173 crianças, foram executados por soldados do exército dos Estados Unidos, na aldeia vietnamita de My Lai. 

Os assassinatos aconteceram depois de informações de que o local estava servindo de abrigo para guerrilheiros vietnamitas, como consequência, muitos inocentes foram mortos. Segundo historiadores, depois de My Lai, grande parte da população americana começou a ver a guerra com um erro gigantesco dos Estados Unidos.

5- Número de mortes e fim da Guerra 

Essa batalha violenta gerou imensos prejuízos para os países, além de milhares de mortes e diversas pessoas mutiladas. Mais de 58 mil americanos foram mortos durante a guerra.

Estima-se que ao menos 1,1 milhão de vietnamitas tenham sido vítimas fatais desse conflito. Outros países também registraram baixas, por exemplo, a Coreia do Sul que teve mais de 4 mil de seus soldados mortos.

Em 1973, o governo dos EUA aceitou o Acordo de Paris, que previa o cessar-fogo. Em 30 de abril de 1975 o conflito tinha finalmente terminado, após a Queda de Saigon, evento que marcou o fim da Guerra e transição formal para a reunificação do Vietnã para um regime comunista.

EUA e Vietnã normalizaram suas relações em 1995 e anunciaram um acordo amplo em 2013. O comércio bilateral chegou a movimenta quase 35 bilhões de dólares no ano de 2014.


+Saiba mais sobre a Guerra do Vietnã através das obras abaixo

1. O Século de Sangue - 1914-2014: as vinte guerras que mudaram o mundo, de Emmanuel Hecht e Pierre Servent (2015) - https://amzn.to/35KzUZ2

2. Guia Conhecer Fantástico Especial 02 – 40 Anos Guerra do Vietnã, de On Line Editora (2017) - https://amzn.to/2MoFrwJ

3. A Guerra Inesquecível do Vietnã: A Guerra Americana no Vietnã – A Guerra da Selva, de S. F. Meaker, Scott (2016) - https://amzn.to/2VR0V8t

4. A menina da foto: Minhas memórias: do horror da guerra ao caminho da paz, de Kim Phuc Phan Thi (2018) - https://amzn.to/2W0v2dX

5. Vietnã pós-guerra - Viagens radicais: Uma aventura no Sudeste Asiático, de Airton Ortiz (2011) - https://amzn.to/2OXYwaA

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du