Curiosidades » Personagem

De pelada no Brasil a quiromancia: 5 fatos sobre Bob Marley, o rei do reggae

Se estivesse vivo, o astro jamaicano completaria 75 anos de idade

Daniela Bazi Publicado em 06/02/2020, às 14h57

Bob Marley performando em Estocolmo, Suécia
Bob Marley performando em Estocolmo, Suécia - Getty Images

Há 75 anos, nascia na cidade de Saint Ann, na Jamaica, o principal nome do reggae mundial Robert Nesta Marley, mais conhecido como Bob Marley. O cantor ficou reconhecido principalmente por suas letras que falavam de assuntos como o empoderamento negro e a luta contra o racismo. Sua morte aconteceu em 11 de maio de 1981, devido a uma luta de quatro anos contra o câncer.

Conheça agora 5 fatos bizarros sobre o rei do reggae.

1. Bob Marley lia mãos

Quando pequeno, o jovem cantor costumava ler as mãos dos clientes da loja de frutas de sua mãe enquanto trabalhava. Com a grande precisão de suas previsões, ele começou a ficar altamente reconhecido na região. Entretanto, o astro não continuou com a prática por muito tempo.

Ao voltar para sua cidade natal, quando já estava vivendo de música e já era considerado uma celebridade, uma mulher havia pedido para que ele lesse sua mão. Em resposta, ele disse “Eu não estou mais lendo mãos. Estou cantando agora”.


2. Ele já jogou futebol no Brasil

O rei do reggae só visitou o Brasil uma vez durante a sua vida, mas não foi para fazer show. Quando esteve aqui, em 1980, Marley jogou uma partida de futebol no Rio de Janeiro com a presença de grandes nomes da música popular brasileira, como Chico Buarque, Toquinho, Junior Marvin e o ex-jogador profissional Paulo Cézar Caju.

Bob Marley jogando futebol no Brasil / Crédito: Divulgação

 

Bob era fã do esporte desde muito pequeno onde, inclusive, já disse “futebol é uma arte completa em si. É todo um universo. Eu amo futebol porque é preciso ser um artista para praticá-lo. Quando nós jogamos futebol, também fazemos música. Eu preciso disso. Liberdade! Futebol é liberdade”.


3. Prisão

No ano de 1968, o cantor foi preso na Jamaica por porte ilegal de maconha. Ele permaneceu preso durante um mês, e acabou criando diversos amigos durante esse período no qual sentia uma forte relação. Também foi por causa dessas amizades que o astro foi influenciado a escrever músicas com mais mensagens políticas.

Marley chegou a ser preso novamente em 1977, dessa vez em Londres, também pelo porte ilegal de maconha. Na cultura rastafári, era comum o uso da droga e, por esse motivo, defendeu sua legalização pelo resto de sua vida.


4. Perseguição da mídia

Em 2004, sua esposa Rita Marley, com quem estava casado desde seus 21 anos, lançou o livro No Woman No Cry: Minha Vida com Bob Marley, e deu algumas declarações para a imprensa britânica em relação a seu matrimônio com o astro que geraram grande polêmica.

Bob continua sendo amado por milhares de pessoas ao redor do mundo / Crédito: Wikimedia Commons

 

Em uma delas, a mulher deu a entender que teria sido estuprada pelo marido enquanto ainda estavam casados, fato que foi parar em todos os tabloides do Reino Unido. Entretanto, logo Rita deu outras entrevistas dizendo que sua fala foi tirada do contexto e que Bob não era um estuprador.


5. O futebol teria causado a sua morte

Enquanto jogava bola em Londres no ano de 1977, Marley teria machucado seriamente o dedão de seu pé direito, causando a queda de sua unha. O ferimento nunca foi tratado direito e, apenas nos anos 1980, após ter passado mal durante um show nos Estados Unidos, foi descoberto que o astro estava com uma espécie de câncer de pele, desenvolvido sob a unha ferida.

Como recomendação médica, Bob teria que amputar o dedo, mas devido a sua crença rastafári, ele se recusou a fazer a cirurgia. Como consequência, a doença acabou se espalhando para outras partes de seu corpo, como o cérebro, o pulmão e o estômago. Ele morreu em 11 de maio de 1981, aos 36 anos de idade.


++Saiba mais sobre Bob Marley através das obras abaixo

So Much Things to Say – The Oral History of Bob Marley, Roger Steffens, 2018 - https://amzn.to/35Zavdu

Bob Marley, David Burnett, 2013 - https://amzn.to/2P7jpPg

Queimando tudo: A biografia definitiva de Bob Marley, Timothy White, 1999 - https://amzn.to/2RaIEmm

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.