Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / Independência

Além de D. Pedro: 6 nomes que foram cruciais para a Independência do Brasil

Data histórica completa 200 anos no próximo dia 7 de setembro. Mesmo assim, algumas figuras importantes são esquecidas ainda hoje

Fabio Previdelli | @fabioprevidelli_ Publicado em 30/05/2022, às 06h00

Tela 'Independência ou Morte', criada por Pedro Américo em 1888 - Domínio Público/ Creative Commons/ Wikimedia Commons
Tela 'Independência ou Morte', criada por Pedro Américo em 1888 - Domínio Público/ Creative Commons/ Wikimedia Commons

Daqui cem dias, no próximo 7 de setembro, será celebrado os 200 anos da Independência do Brasil. A data, uma das mais importantes de nossa história, marca o início do Império do Brasil e da monarquia comandada por Pedro de Alcântara, o Dom Pedro I

Entretanto, ao contrário do que muitos pensam, Pedro I não foi a única pessoa responsável por esse importante episódio, muito pelo contrário, a libertação brasileira das amarras portuguesas só foi possível graças a luta — direta ou indireta — de diversos personagens, muitos dos quais permanecem ‘anônimos’ até hoje. 

1. Padre Belchior Pinheiro de Oliveira

Conselheiro de Dom Pedro I e membro de sua comitiva, o vigário Belchior Pinheiro de Oliveira é tido por muitos historiadores como personagem chave na Independência do Brasil. 

Único registro em imagem de Belchior/ Crédito:Divulgação/Jorge Lasmar

Além de todo o registro histórico que fez daqueles tempos, Belchior esteve ao lado do Imperador quando ele bradou por nossa liberdade. Na ocasião, Pedro I havia recebido cartas ameaçadoras da corte portuguesa. 

“E agora, padre Belchior?”, indagou Dom Pedro. “E eu respondi prontamente: ‘Se Vossa Alteza não se faz rei do Brasil será prisioneiro das Cortes e, talvez, deserdado por elas. Não há outro caminho senão a independência e a separação’”, relatou em seus escritos. 

E assim Pedro I fez. “De hoje em diante estão quebradas as nossas relações; nada mais quero com o governo português e proclamo o Brasil, para sempre, separado de Portugal", declarou o imperador.


2. Frei Caneca e Domingos José Martins

Último movimento separatista do período colonial, a Revolução Pernambucana, de 1817, foi importante por mostrar a insatisfação dos brasileiros diante da presença da coroa portuguesa em diversos pontos estratégicos de nosso país, como em polos políticos, econômicos e militares. 

Domingos José Martins e Frei Caneca/ Crédito: Domínio Público

Dentro do movimento, dois nomes são de suma importância: Frei Caneca e Domingos José Martins. O primeiro foi um dos líderes da Revolução e, posteriormente, também esteve à frente da Confederação do Equador — revolta de 1824 que lutou contra a constituição conservadora outorgada por Pedro I.

José Martins foi um dos mentores da Revolução Pernambucana. Por não concordar com o aumento do custo de vida no Nordeste devido a cobrança de impostos da família real portuguesa, ajudou a disseminar ideais libertários em reuniões pelo Rio de Janeiro, Salvador e Recife.


3. Sepé Tiaraju 

Catequizado pelas missões jesuíticas, o índio guarani Sepé Tiaraju é considerado um herói da Guerra Guaranítica. Entre 1753 e 1756, nativos guaranis lutaram contra colonizadores espanhóis e portugueses. 

Ilustração representando Sepé Tiaraju/ Crédito: Divulgação/ Sandro Andrade/ Fundação Callis

Com horror à escravidão, Tiaraju acabou dando a vida em busca de colocar um ponto final ao controle daqueles que tentavam dominar suas terras. Embora tenha tido uma morte dolorosa, se tornou mártir do anticolonialismo europeu nas Américas e sua figura é venerada como santo no Rio Grande do Sul.


4. Bárbara Alencar

Notável escritor e político brasileiro, José de Alencar foi fundador do romance de temática nacional e também patrono da cadeira fundada por Machado de Assis na Academia Brasileira de Letras. Mas o que poucos sabem é que sua avó, Bárbara de Alencar, tem uma  grande importância política no Brasil.

Bárbara Pereira de Alencar / Crédito: Domínio Público

Considerada heroína da Revolução Pernambucana e da Confederação do Equador, Bárbara foi matriarca de uma família de revolucionários nordestinos. Presidente da República do Crato, em 1817, lutou por ideais separatistas e é considerada a primeira presa política do país.


5. Joana Angélica

Religiosa concepcionista baiana e pertencente à Ordem das Reformadas de Nossa Senhora da Conceição, Joana Angélica de Jesus também é considerada mártir da Independência do Brasil

Ilustração de Joana Angélica / Crédito: Arquidiocese de São Salvador da Bahia via Wikimedia Commons

Para barrar o autoritarismo português, a abadessa do Convento da Lapa se pôs à porta principal do claustro e ordenou que as irmãs fugissem pelos fundos da construção.

“Detende-vos, bárbaros, aquelas portas caíram aos vaivéns de vossas alavancas, aos golpes de vossos machados, mas esta passagem está guardada pelo meu peito, e não passareis, senão por cima do cadáver de uma mulher!”, bradou. 

Entretanto, acabou assassinada por um golpe de uma baioneta de um soldado naquele 19 de fevereiro de 1822 — quando tinha 60 anos. À época, os portugueses suspeitavam que freiras escondiam adversários.


+Saiba mais sobre o Dom Pedro I por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

D.Pedro - A história não contada: O homem revelado por cartas e documentos inéditos (eBook Kindle), de Paulo Rezzuti (2015) - https://amzn.to/2wt1Ovx

Dom Pedro I Vampiro (eBook Kindle), de Nazarethe Fonseca (2015) - https://amzn.to/2TqPdBW

Diga ao povo que fico: os antecedentes da independência do Brasil (eBook Kindle), de Marcelo França de Oliveira (2018) - https://amzn.to/2TDLEHC

O Coração do Rei: A vida de dom Pedro I, de Iza Salles (2019) - https://amzn.to/3daFaIq

D. Pedro: Imperador do Brasil e rei de Portugal, de Eugénio dos Santos (2015) - https://amzn.to/35osNpe

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W