Curiosidades » Estados Unidos

Ballonfest '86: o dia catastrófico em que 1 milhão de balões coloridos foram lançados em cidade dos EUA

O que era para ser apenas um evento beneficente tornou-se um pesadelo em Cleveland

Caio Tortamano Publicado em 14/03/2020, às 08h00

Cidade de Cleveland logo após liberação dos balões
Cidade de Cleveland logo após liberação dos balões - Divulgação

Em 1986, um grupo de pessoas teve a ideia de bater o recorde mundial de maior número de balões de gás hélio soltos ao mesmo tempo. Organizado por uma instituição de caridade (a United Way de Cleveland, em Ohio) quase um milhão dos balões seriam soltos no meio da cidade, mais especificamente na Cleveland’s Public Square, rodeando a Terminal Tower — segundo prédio mais alto do mundo quando construído, em 1930.

Chamado de Ballonfest 86, a adesão ao lançamento foi enorme, e as ruas da cidade ficaram lotadas para conferir a exibição de cores que seria a quebra do recorde mundial de um milhão e duzentos mil balões, liberados no ano anterior (em 1985) no aniversário de 30 anos da Disneylândia, na Califórnia.

Após uma tempestade que estava para cair na cidade, a liberação dos balões foi realizada antes do previsto, na tarde do dia 23 de setembro. A imensa quantidade de bexigas cobriu a cidade de Chicago com cores distintas criando uma imagem magnífica para aqueles que observava o episódio.

Porém, o que era para ser um momento lúdico, e de caridade, transformou-se em um verdadeiro pesadelo para os habitantes. Quando foram liberados, os balões colidiram com uma massa de ar frio e chuva, que trouxeram as bexigas de volta ao chão ainda infladas.

Praça antes da liberação dos balões / Crédito: Divugação

 

A ocasião causou o congestionamento de vias e estradas, e encobriu grande parte do lago Erie, muito explorado explorado diariamente. No dia do evento, dois pescadores foram dados como desaparecidos por seus familiares enquanto iam pescar no lago.

O resgate localizou o suposto bote da dupla ancorado ao oeste do parque Edgewater. Porém, a Guarda Costeira teve muita dificuldade em acessar o veículo aquático por causa dos balões que cobriam a superfície do lugar.

A quantidade de itens infláveis era tamanha, que não era possível localizar nada que estivesse submerso, tornando impossível a identificação dos pescadores naquele momento. Em 29 de setembro as buscas foram suspensas.

Os corpos foram encontrados quando as ondas levaram os dois até a terra, e neste momento a mulher de um dos falecidos processou a United Way pelo acontecido pelo valor de três milhões e duzentos mil dólares. Houve um acordo entre as partes por um número não divulgado que permanece, até hoje, em sigilo.

Cidade de Cleveland logo após liberação dos balões / Crédito: Divulgação

 

Outro caso que levou o evento a ser processado foi a queda dos balões na fazenda de um homem chamado Louise Nowakowski. Os cavalos do dono se assustaram com a chegada de um grupo grande de balões, e a agitação acabou causando ferimentos permanentes nos equinos (fonte de renda no dono do rancho).

Assim como no caso dos pescadores, por mais que o homem tenha processado a organização do evento e a organização beneficente em 100 mil dólares, os promotores do evento e a organização beneficente, os valores do acordo não foram divulgados, mas os danos foram ressarcidos.

O aeroporto Burke Lakefront, que também permeia os arredores do Lago Erie, foi obrigado a fechar uma de suas pistas de pouso por conta da imensa quantidade de balões que ficaram no lugar.

Além do aeroporto, diversos acidentes de trânsito aconteceram. Os motoristas tentavam escapar a todo custo dos massivos grupos de bexigas que avançavam pelas rodovias em direção aos veículos. Todavia, acabavam se distraindo com o espetáculo de cores que figurava a cidade.

Apesar da bagunça, no Guinness Book de Recordes Mundiais de 1988, a Ballonfest 86 é classificada como o maior lançamento de balões de gás hélio do mundo, com 1.429.643 bexigas.


Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo:

Guinness World Records 2019, de Vários Autores (2019) - https://amzn.to/2WjPfO3

Morte, Neil Gaiman (2014) - https://amzn.to/36pdqwN

A Life of Clement L. Vallandigham (English Edition), Vallandigham, James L. James Laird (e-book) - https://amzn.to/2NAfQjx

Tycho Brahe: A Picture of Scientific Life and Work in the Sixteenth Century (2019) - https://amzn.to/34jpD4v

Homer & Langley, E. L. Doctorow (2010) - https://amzn.to/2JIoawB

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.