Curiosidades » Brasil Império

Biografia revela que Maria Leopoldina teria contribuído para Independência do Brasil

Segundo o historiador Paulo Rezzutti, a primeira imperatriz brasileira foi injustiçada e esquecida pela História

Victória Gearini Publicado em 16/06/2020, às 19h30

Retrato de D. Leopoldina disponível na obra de Paulo Rezzutti
Retrato de D. Leopoldina disponível na obra de Paulo Rezzutti - Divulgação / Amazon

Maria Leopoldina, a primeira imperatriz do Brasil, enfrentou inúmeros escândalos ao longo de sua vida, sendo o mais conhecido a traição que sofrera de seu marido Dom Pedro I, que tinha um caso extraconjugal com a Marquesa de Santos. A fim de analisar os principais aspectos da vida íntima da imperatriz, o pesquisador Paulo Rezzutti descobriu fatos inéditos sobre a sua trajetória que não foram revelados nos livros de História. 

[Colocar ALT]
Obra D. Leopoldina: A mulher que arquitetou a independência do Brasil, de Paulo Rezzutti / Crédito: Divulgação / Amazon

Lançada em 2017 pela Editora Leya, a obra D. Leopoldina: A mulher que arquitetou a independência do Brasil, compõe a coleção A História não Contada, do renomado historiador Paulo Rezzutti. Nesta edição, o biógrafo desmistifica a figura da imperatriz do Brasil. 

Leopoldina ficou conhecida pelos escândalos amorosos e por ser uma das personagens do mais célebre triângulo amoroso da história do Brasil. No entanto, segundo o autor, Maria Leopoldina sofreu diante das revelações da traição de Dom Pedro I com Domitila de Castro, a futura Marquesa de Santos. 

Nascida na Áustria, a bela e culta jovem deixou a Europa em meados de 1817 para se aventurar no Brasil. De acordo com Rezzutti esta figura ilustre é importante, ainda, para o processo de Independência do país, tornando-se uma grande estrategista política. Embora a imperatriz tenha sido essencial para a construção histórica da nação brasileira, ela foi esquecida e injustiçada pela sociedade. 

A biografia revela uma personagem complexa e carismática, que viveu intensamente, mesmo que breve, pois combinava coragem e força. Disponível na Amazon, a edição inclui um caderno com imagens inéditas e revela parte de documentos originais que explicitam as crenças, angústias e pensamentos mais profundos de Maria Leopoldina.

Confira abaixo um trecho da obra D. Leopoldina: A mulher que arquitetou a independência do Brasil (2017): 

“Apagada, pouco atraente e traída são alguns dos adjetivos que me vêm a mente ao me lembrar da imagem que eu fazia da imperatriz Leopoldina há cerca de dez anos. Ao me debruçar sobre a história de um dos mais famosos casais de amantes brasileiros, d. Pedro e a marquesa de Santos, d. Leopoldina ainda me parecia sem muita vida. Como alguém poderia aguentar tanta humilhação e não se revoltar? Era o homem do século XXI vendo a questão com o olhar atual. Ao começar a escrever sobre a marquesa e, principalmente, durante os estudos para a minha biografia a respeito de d. Pedro, tudo mudou.

Leopoldina era uma estrategista, mais preparada e educada que d. Pedro. Teve a sua história diminuída e elevada à categoria de santa, mártir de paciência por tudo o que sofreu no Brasil. Aliás, coisa comum em nossa história são as mulheres entrarem nela ou como santas ou como devassas. Esse é o ponto que une d. Leopoldina à marquesa de Santos: o papel político de ambas foi apagado, afinal, a política é o campo de homens há milênios, e geralmente são eles que escrevem a história, com raras exceções. Além do material que vinha coletando sobre ela desde a biografia  da marquesa de Santos, muito mais surgiu durante as pesquisas para a obra a respeito de d. Pedro”.


+Saiba mais sobre as obras de Paulo Rezzutti disponíveis na Amazon:

D. Leopoldina: a história não contada: A mulher que arquitetou a independência do Brasil, de Paulo Rezzutti (2017) - https://amzn.to/3hwA2Bb

Titília e o Demonão – A história não contada: A vida amorosa na corte imperial: mensagens de d. Pedro I à marquesa de Santos, de Paulo Rezzutti (2019) - https://amzn.to/2YFRZ7N

D. Pedro II – A história não contada: O último imperador do Novo Mundo revelado por cartas e documentos inéditos, de Paulo Rezzutti (2019) - https://amzn.to/3hwzDyF

D. Pedro - A História não Contada, de Paulo Rezzutti (2015) - https://amzn.to/3hAIsHG

Combo História Do Brasil - 4 Livros de Paulo Rezzutti + Ecobag - https://amzn.to/30QyZWO

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W