Curiosidades » Bizarro

Ciúmes e poder: quando Maradona disse que mataria os músicos da banda Oasis

Em uma noite que parece brincadeira, Liam e Noel Gallagher conheceram o jogador, mas receberam uma ameaça inesperada

Pamela Malva Publicado em 30/11/2020, às 17h00

Fotografia de Maradona entre os irmãos Gallagher, da banda Oasis
Fotografia de Maradona entre os irmãos Gallagher, da banda Oasis - Divulgação

Conhecido por sua atuação como o camisa 10 na seleção de futebol da Argentina, Diego Maradonasempre gostou de se divertir com seus amigos. Tendo relações com grandes personalidades, o jogador sabia dar e aproveitar uma festa.

Durante toda sua vida, então, graças à fama e ao seu carisma, o atleta conheceu pessoas como Pelé, Fidel Castro, Xuxa e Messi. Todos esses encontros, é claro, ficaram marcados na história do argentino, que faleceu no dia 25 de novembro de 2020.

Apesar de todos os episódios nos quais Maradonaconheceu outros famosos, o encontro mais bizarro e irônico de sua vida aconteceu em meados de 1997. Naquela época, o jogador entrou no mesmo bar que Liam e Noel Gallagher, da banda Oasis.

Diego Maradona ao final da Copa de 1986 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Uma peça do destino

Ao final de sua turnê Morning Glory Tour, os irmãos Gallagher já estavam planejando o terceiro disco da banda. Em 1996, então, eles começaram a rabiscar as primeiras letras presentes no álbum Be Here Now, que foi lançado em agosto de 1997.

Com uma excelente reputação e músicas que receberam dezenas críticas mistas, a banda vendeu 424 mil cópias do novo disco. Tudo isso no primeiro dia após o lançamento no Reino Unido. No total, foram 8 milhões de exemplares vendidos.

Tamanho foi o sucesso que o grupo decidiu fazer uma turnê em homenagem ao novo álbum. Dessa forma, a Be Here Now Tour foi anunciada ainda no final de 1997 e os 82 shows passariam pela Europa, América do Norte, Ásia, Oceania e América Latina.

Fotografia de Liam e Noel Gallagher / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Caminhos cruzados

Ao final de 1997, a banda Oasis já tinha passado por diversas cidades quando chegou em Buenos Aires, na Argentina. Foi nesse momento que os irmãos Gallagher conheceram o tão falado Maradona bem de pertinho.

Vinte anos depois, em entrevista ao Noisey, o vocalista do Oasis lembrou como foi conhecer Maradona. Segundo Liam, tudo começou em um bar de Buenos Aires, onde ele e seu irmão, que era o guitarrista, tomavam algumas bebidas após um show.

No meio da noite, um grupo com cerca de 30 pessoas entrou gritando no estabelecimento. Curiosos com a suposta confusão, os Gallagher foram até o amontoado de gente para tentar entender o que acontecia.

Fotorafia dos integrantes da banda Oasis / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Feito do acaso

Entre dezenas de amigos, fãs e “mulheres da noite”, como Liam narrou, Maradona dominava toda a energia do ambiente. No centro das atenções, então, o jogador argentino caminhou até uma espécie de área VIP do bar.

Animados, os irmãos da banda foram falar com seu intérprete para saber se poderiam conhecer Maradona. Depois de alguns minutos, o homem retornou, avisando que o encontro poderia acontecer, mas teria de ser rápido.

Mal sabiam os artistas, todavia, que aquele seria o momento em que um dos maiores ídolos de toda a Argentina ameaçaria sua vida. Diferente do que muitos esperam, contudo, a ameaça de Maradona veio de uma forma muito mais sutil.

Fotografia da banda Oasis / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Vida em risco

Logo que entraram na área VIP, os Gallagher perceberam que o clima não estava dos mais leves. De um lado, amigos de Maradona conversavam com as mulheres contratadas; do outro, o jogador fazia embaixadinhas com uma tampa de garrafa.

“Os olhos dele estavam enormes”, explicou Liam, que, assim como o jogador argentino, já teve problemas com drogas. “Eu pensei, ‘o clima está um pouco ruim aqui, vamos tirar uma foto rápida com ele e cair fora’”. E assim eles fizeram.

A foto foi tirada rapidamente, enquanto Maradona ainda dava atenção aos fãs internacionais. Após o clique, o jogador disse algo aos irmãos, que logo pediram a tradução para seu intérprete. Foi aí que os dois se surpreenderam com a resposta.

Maradona atuando como técnico / Crédito: Divulgação

 

Sem espaço para erros

Ao invés de perguntar o que os irmãos estavam achando da Argentina ou elogiar os Gallagher por sua música, Maradona ameaçou a vida dos artistas. “Ele disse que, se vocês saírem com alguma das meninas, vai dar um tiro nos dois”, traduziu o intérprete.

Assustados, os dois integrantes do Oasis agradeceram pela foto e logo se retiraram da área VIP. Décadas mais tarde, Noel lembrou do episódio em seu Twitter, logo após a morte de Maradona. “Que vida, que lenda”, escreveu o artista.

Diego Maradona morreu no dia 25 de novembro de 2020, aos 60 anos. No fim, o homem que ganhou uma Copa do Mundo, mas teve diversos problemas com as drogas, foi vítima de uma parada cardiorespiratória que deixou a Argentina em um luto profundo.


+Saiba mais sobre Maradona em grandes obras disponíveis na Amazon:

Maradona: The Boy. The Rebel. The God, de Guillem Balague (Ebook) - https://amzn.to/2V5zqss

Maradona, de Jimmy Burns (2010) - https://amzn.to/3q6lE6T

El Diego: The Autobiography of the World's Greatest Footballer, de Diego Armando Maradona (Ebook) - https://amzn.to/3q6lFYv

El último Maradona: Cuando a Diego le cortaron las piernas, de Alejandro Wall (Ebook) - https://amzn.to/2HF13p5 

Maradona: Sem Dúvida, Um Grande, de Gianni Truvianni (2019) - https://amzn.to/3fASBDC 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W