Curiosidades » Mundo

Sem árvores, presentes e decorações: Como era a vida antes do Natal?

No passado, antes do cristianismo se apropriar da comemoração pagã, a data era celebrada de uma forma totalmente diferente

Redação Publicado em 15/08/2021, às 10h00

Imagem meramente ilustrativa de Papai Noel
Imagem meramente ilustrativa de Papai Noel - Divulgação/ Pixabay/ Willgard

Em dezembro, o clima de festividade imperava. Muita comida, presentes e saudações festivas eram trocados. Os votos, no entanto, não eram de “Feliz Natal”, e sim de “Io, Saturnália”. Antes que se falasse em Natal ou mesmo de cristianismo, os romanos já celebravam um feriado em que o espírito de generosidade e gratidão eram o foco.

A celebração, que homenageava Saturno, deus das lavouras, ocorria dias antes do solstício de inverno e início da época de novas colheitas. No início, a data era comemorada somente dia 17 de dezembro, mas com o passar dos séculos as festividades foram estendidas até o dia 23.

O poeta Catulo descreveu a Saturnália, no século 1, como “o melhor dos tempos”, enquanto o filósofo Sêneca deixou registrada sua reclamação de que na data “toda a plebe se deixa levar pelos prazeres”.

Durante o feriado, a ordem social era invertida e os escravos podiam tirar folga e usar as roupas coloridas de seus patrões, que os serviam à mesa, e até mesmo jogar dados — atividade permitida apenas aos homens livres. Assim como Papai Noel, usavam um gorro para simbolizar o status temporário de liberdade, chamado de pileus.

Outro feriado, o festival de 'dies natalis solis invicti', ou 'nascimento do sol invencível', também era celebrado no dia 25 de dezembro. O feriado teve origem no Oriente Médio, com o culto monoteísta do deus-sol Mitra. Dizia-se que o deus nascera nessa data, filho de uma virgem, destinado a redimir a humanidade do mal.

Ele morreu, mas ressuscitou e prometeu salvação a seus seguidores. Soa familiar? Desde sua introdução em Roma, em 274, pelo imperador Aureliano, o culto se tornou bastante popular, principalmente entre os soldados. A Saturnália, assim como o culto de Mitra, foi comemorado mesmo na Era Cristã. No século 4, acabou absorvida pela comemoração do Natal, que manteve diversos elementos da celebração, como a troca de presentes.


+Saiba mais sobre civilizações antigas por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

As Primeiras Civilizações: da Idade da Pedra aos Povos Semitas, de Pierre Lévêque (2009) - https://amzn.to/3cdUHah

As primeiras civilizações, de Jaime Pinsky (2001) - https://amzn.to/2WB5fJP

Uma Antiga Civilização Africana, de Selma Pantoja (2011) - https://amzn.to/3fsP7Tj

Uma breve história da arqueologia, de Brian Fagan (2019) - https://amzn.to/3ccB9mE

O grande livro dos mistérios antigos, de Peter James e Nick Thorpe (2019) - https://amzn.to/35RIZ2N

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W