Curiosidades » Arqueologia

Confira as mais intrigantes descobertas arqueológicas da semana

Tumba de polêmico imperador chinês, reconstrução facial de ‘Tutancâmon siberiano’, casa de banhos da Era Vitoriana e muito mais!

Isabela Barreiros Publicado em 17/01/2021, às 07h00

Reconstruções faciais e alguns dos artefatos descobertos na tumba
Reconstruções faciais e alguns dos artefatos descobertos na tumba - Divulgação - Elizaveta Veselovskaya / Ravil Galeev

1. Identificação de tumba de antigo e polêmico imperador chinês

O vaso descoberto / Crédito: Divulgação - Wang Xianqiu

 

Arqueólogos finalmente identificaram o mausoléu do imperador chinês Liu Zhi, também conhecido como Huan, em ruínas próximas da cidade de Luoyang, no leste da China. Eles identificaram um vaso de pedra de 1,8 mil anos de apenas 25 centímetros que data do período em que o rei governou. 

Leia a notícia aqui.


2. Reconstruções faciais de ‘Tutancâmon siberiano e ‘Rainha’ de 2.600 anos

Reconstrução facial do rei / Crédito: Divulgação - Elizaveta Veselovskaya / Ravil Galeev

 

Pesquisadores realizaram reconstruções faciais de duas pessoas cujos esqueletos foram encontrados em uma rica tumba na Rússia. Conhecidos como “Tutancâmon siberiano” e sua “Rainha”, seus crânios estavam danificados, o que dificultou o processo, mas, ainda assim, foi possível ver como eram suas faces no passado.

Leia a notícia aqui.


3. Casa de banhos da Era Vitoriana na Inglaterra

Crédito: Divulgação - Mark Waugh / Mayfield

 

Em Manchester, na Inglaterra, arqueólogos descobriram uma casa de banho que remonta da Era Vitoriana, funcionando há mais de 150 anos. Foram encontradas bombas d’água, caldeiras e duas grandes piscinas, compostas por azulejos. Acredita-se que o local tenha sido usado por trabalhadores têxteis e suas famílias, onde obtiam am serviços de lavanderia e banho.

Leia a notícia aqui.


4. Cerveja medieval recriada por pesquisador

Sedimentos das paredes do palácio / Crédito: Divulgação - Kalbar/TFN

 

O pesquisador polonês Sławomir Dryja foi responsável por recriar uma cerveja branca que era desenvolvida na Idade Média na região. Ele utilizou sedimentos encontrados nas paredes do porão do Palácio Lubomirski de Cracóvia para a reprodução, que apontou como os ‘ingredientes secretos’ dos antigos. 

Leia a notícia aqui.


5. Pedra de jade de quase 4 mil anos simbolizando cigarra na China

Crédito: Divulgação

 

Arqueólogos descobriram em uma tumba de mais de três mil anos, localizada na cidade de Yanshi, região central da China, um artefato curioso: uma peça feita de jade em formato de cigarra. Acredita-se que o item, que mede cerca de 4 centímetros de comprimento, tenha pelo menos 3.600 anos.

Leia a notícia aqui.


6. Inscrição do período romano em canteiro de obras na Turquia

Crédito: Divulgação - AA Photo

 

Ao acaso, um homem observava um canteiro de obras na província de Bursa, no noroeste da Turquia, quando descobriu uma laje com inscrições que possivelmente data do começo do período romano na região. Acredita-se que ele tenha ao menos 2 mil anos, remontando à era romana. 

Leia a notícia aqui.


7. Cemitério anglo-saxão em condado da Inglaterra

Pesquisadora desenterrando artefatos históricos / Crédito: Divulgação

 

Pesquisadores descobriram no condado da Inglaterra de Northamptonshire, um cemitério anglo-saxão considerado “de longe o maior” já encontrado na região. Ao longo das escavações, eles já descobriram armas (como escudos e lanças), 150 broches, 15 anéis, e 154 sepultamentos anglo-saxões.

Leia a notícia aqui.


8. Rara ponta de flecha de 900 anos no rio Tâmisa, na Inglaterra

Crédito: Divulgação - Monika Buttling-Smith

 

Uma arqueóloga amadora foi responsável por encontrar uma ponta de flecha presa na lama do  rio Tâmisa, na Inglaterra, o que provavelmente a preservou até hoje. Ela acredita que o item foi disparado da Torre de Londres há 900 anos, tese que é apoiada pelo fato de a ponta da flecha estar danificada.

 Leia a notícia aqui.


9. Artefatos curiosos do século 19 de possível taverna nos EUA

Crédito: Divulgação - Jason Flay

 

Na cidade de Lexington, Kentucky, nos EUA, especialistas encontraram itens curiosos, como uma cabeça de galinha feita de cerâmica, que provavelmente fazia parte de uma jarra, peça de dominó feita de osso, tigela de cachimbo e até mesmo um pente usado contra piolhos foram desenterrados. Os pesquisadores acreditam que o local pode ter sido uma taverna no século 19.

Leia a notícia aqui.


10. Estátua e busto de divindades gregas na Turquia

Crédito: Divulgação - DHA

 

Pesquisadores encontraram, na cidade de Kibyra, na Turquia, uma estátua do deus Asclépio, que representa saúde, e um busto de Serápis, deus greco-egípcio. O último artefato encontrado era a parte que faltava de um busto sem cabeça descoberto no complexo de balneários romanos em 2019. 

Leia a notícia aqui.


+Saiba mais sobre arqueologia por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Arqueologia, de Pedro Paulo Funari (2003) - https://amzn.to/36N44tI

Uma breve história da arqueologia, de Brian Fagan (2019) - https://amzn.to/2GHGaWg

Descobrindo a arqueologia: o que os mortos podem nos contar sobre a vida?, de Alecsandra Fernandes (2014) - https://amzn.to/36QkWjD

Manual de Arqueologia Pré-histórica, de Nuno Ferreira Bicho (2011) - https://amzn.to/2S58oPL

História do Pensamento Arqueológico, de Bruce G. Trigger (2011) - https://amzn.to/34tKEeb

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W