Curiosidades » Personagem

Os 150 anos de Vladimir Lenin em 5 fatos pouco conhecidos

O líder comunista ainda é uma das mais importantes figuras para a ideologia radical

Isabela Barreiros Publicado em 22/04/2020, às 09h34 - Atualizado às 09h35

O líder comunista ainda é alvo de controvérsia nos dias atuais
O líder comunista ainda é alvo de controvérsia nos dias atuais - Olga Shirnina

1. Ele foi exilado por três anos

Em 1894, Lenin havia publicado seu primeiro ensaio marxista, viajando para a França, Alemanha e Suíça, no ano seguinte, no intuito de se encontrar com outras pessoas que tinham ideologias muito semelhantes às dele. Mas ao voltar ao seu país natal, foi preso, passando mais de um ano atrás das grades.

Ainda assim, ele foi enviado para a Sibéria, vivendo três anos em exílio na fria e inóspita região, onde escrevia e caçava. Em 1900, Lenin recebeu permissão para deixar o país, e passou a viajar pelo exterior por muitos anos antes de voltar para a Revolução Russa.

2. Lenin não era seu nome verdadeiro

Na verdade, ele se chamava Vladimir Ilyich Ulyanov e experimentou inúmeros pseudônimos antes de chegar ao famoso “Lenin”, que passou a ser usado pro ele a partir de 1902. K. Tulin e Petrov foram alguns dos nomes. Historiadores analisam se o termo pode ter sido criado em referência ao rio Lena, na Sibéria. Além dele, Stalin e Trotsky também eram pseudônimos.

Crédito: Getty Images

 

3. Ele foi expulso da faculdade

Em 1887, Lenin entrou na Universidade de Kazan, aos seus 17 anos, para estudar Direito. No entanto, ele foi expulso alguns meses depois da admissão, por participar de um protesto estudantil no campus universitário. Mais tarde, como estudante externo, ele se formou na Universidade de São Petersburgo, em 1891.

4. Suas dúvidas sobre Stalin

Em 1922, Lenin nomeou Stalin secretário geral do Partido Comunista Russo, mas, logo depois, começou a se arrepender do ato. Ele teria descrito Stalin como "muito rude" e ainda disse que ele deveria ser substituído por alguém "mais paciente, mais leal, mais respeitoso e mais atento aos seus camaradas, menos caprichoso e assim por diante". As frases foram escritas por Lenin em cartas ao congresso do país.

5. Seu irmão foi enforcado por conspirar contra o czar

Alexander, irmão mais velho de Lenin, foi preso em 1887 devido a sua participação em um plano de bombardeio para assassinar o czar Alexandre III. Alguns dos outros conspiradores também foram presos, mas pediram por clemência e deram informações sobre o plano para as autoridades. Por isso, não sofreram com a pena de Alexandre, que não se submeteu a esse caminho, sendo enforcado meses depois de sua prisão.


+Saiba mais sobre a trajetória do líder comunista através de obras disponíveis na Amazon:

Lênin – Um retrato íntimo (e-book) - https://amzn.to/2JtPQoU

Democracia E Luta De Classes, de Vladímir Ilitch Lênin (2019) - https://amzn.to/2WoqWfx

Reconstruindo Lênin. Uma Biografia Intelectual, de Tamás Krausz (2017) - https://amzn.to/2MXjEg0

Lenin: vida e obra, de Moniz Bandeira e Luiz Alberto (2017) - https://amzn.to/349ZqoT

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W