Conplan 8888: o recém-revelado plano para um apocalipse zumbi

O Pentágono revelou uma série de procedimentos a se adotar no caso dos mortos se levantarem e ameaçarem a sociedade

André Nogueira Publicado em 08/11/2019, às 07h00 - Atualizado às 07h34

O apocalipse deverá ser bem menos divertido do que Shaun of the Dead
O apocalipse deverá ser bem menos divertido do que Shaun of the Dead - Universal Pictures

Principal agremiação para estratégia do Estado Americano, o Pentágono revelou um documento surpreendente em que se define opções de ação no caso de um apocalipse zumbi. É o caso do Conplan 8888, plano de contingência elaborado caso humanoides canibais destruam a ordem social.

Trata-se de um texto denso e rico em detalhes, que estabelece um protocolo ao Comando Estratégico dos EUA para uma resposta militar à "ameaça de hordas de zumbis que não temem a dor ou a morte”. O objetivo central seria “preservar a santidade da vida humana e apoiar a população humana”.

Supreendentemente, o plano tem início com o aviso: "este plano não foi elaborado como uma brincadeira". Apesar da face fantasiosa da proposta, o Conplan é um plano operacional usado para aprender conceitos e procedimentos em caso de ataques dessa magnitude. Inclusive, no texto é estabelecida uma preocupação da segurança até dos “adversários tradicionais".

Crédito: Forbes

 

Entre os objetivos desse protocolo, se destacam "proteger a humanidade", "erradicar a ameaça" dos mortos vivos e "ajudar as autoridades a manter a lei e a ordem para repor os serviços básicos após um ataque zumbi". Para o estabelecido, as Forças Armadas devem usar todo o arsenal contra os zumbis e que os EUA entrariam em Lei Marcial no caso dessa ameaça.

O documento elenca em suas soluções mais drásticas o uso de uma “guerra nuclear”, caso se perca o controle, ou então uma “guerra convencional em escala global”. O objetivo final é o reestabelecimento de normalidade, com o governo civil e a restauração das Forças Armadas a partir de três bases: Vandenberg, Whiteman e Offutt.


Saiba mais sobre o Pentágono pelas obras abaixo:

1. El Pentágono planeó en 1962 atentados terroristas en EE.UU. para culpar a Castro, de Xavier Más de Xamás - https://amzn.to/2Co6J0f

2. The Pentagon's Brain: An Uncensored History of DARPA, America's Top-Secret Military Research Agency, de Anne Jacobsen - https://amzn.to/2K01UhO

3. Medo: Trump na Casa Branca, de Bob Woodwald - https://amzn.to/2rlbYvn

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.