Curiosidades » Mundo

A curiosa origem da expressão 'chegar de mãos abanando'

Utilizada para quando convidados não trazem presentes ou alimentos, a frase é bem mais antiga do que se pode imaginar

Julia Moióli, arquivo Aventuras na História Publicado em 29/01/2022, às 08h00 - Atualizado em 19/04/2022, às 17h01

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/ Pexels/ Mental Health America (MHA)

Quando uma pessoa vai a uma festa, mandam os bons modos que leve um presente, uma garrafa de vinho, ou, geralmente para os mais jovens, umas latinhas de cerveja. Se não o faz, se diz que o convidado “chegou com as mãos abanando”.

A origem mais aceita para essa expressão está relacionada com os imigrantes que chegavam ao Brasil no século 19. Segundo Deonísio da Silva, autor de 'A Vida Íntima das Frases', esses imigrantes costumavam trazer da Europa ferramentas para o cultivo da terra, como foices e enxadas, além de animais, como vacas e porcos.

Uma ferramenta podia indicar uma profissão, uma habilidade e demonstrava disposição para o trabalho e o contrário, chegar de mãos abanando, indicava preguiça.

Outra hipótese para a origem do termo aparece em dicionários anteriores à imigração europeia para o Brasil. No 'Morais Silva', editado em Portugal, em 1789, “abanar” aparece com o sentido de “andar ao léu” ou “viver sem amparo”.